O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

DIARIO DAS CORTES GERAES E EXTRAORDINARIAS DA NAÇÃO PORTUGUEZA

NUM. 117.

SESSÃO DO DIA 3 DE JULHO.

Aberta a Sessão, leu-se, e approvou-se a Acta do dia antecedente.

O senhor Secretario Felgueiras mencionou um officio do ministro dos negocios estrangeiros, remettendo uma consulta da junta do commercio sobre as providencias que pede José de Miranda, respectivas ao seu hiate denominado Senhor dos Passos, que se remetteu á Commissão de Constituição.

Deu igualmente conta das seguintes felicitações: da Communidade da Igreja Matriz de Campo Maior; dos Religiosos do convento de S. Domingos de Elvas, e do Juiz de fora de Ponta Delgada José Antonio Quaresma de Carvalho e Vasconcellos, que forão ouvidas com agrado. Mencionou tambem uma representação do capitão Affonso Botelho de Sampaio e Sousa sobre serviços seus, e de outras pessoas por elle empregadas, feitos á causa publica por occasião da gloriosa Regeneração Portugueza, que se remetteu á Commissão de Premios.

apresentou o mesmo senhor Secretario os seguintes Decretos redigidos, segundo as indicações da Commissão de Constituição, e que com ligeiras alterações forão todos approvados.

1.° Sobre o embarque da Deputação destinada a cumprimentar ElRei.

2.º Autorizando a Regencia para prover por todos os modos sobre a publica segurança.

3.° Sobre dar vivas na occasião do desembarque de ElRey, que se mandou publicar immediatamente por editaes.

4.° Sobre o desembarque das pessoas, que acompanhão a Sua Magestade.

5.º sobre a data, ou remoção de empregos publicos.

6.° Sobre a extincção da Regencia para ter lugar depois do juramento de ElRei.

Por esta occasião fez o senhor Alves do Rio uma moção sobre a multiplicidade de empregados do Rio de Janeiro, que acompanhão Sua Magestade, e que se podem tornar mui pezados á Nação nas actuaes urgencias do Thesouro publico, fazendo sentir a necessidade de se adoptarem providencias para obstar a estes inconvenientes, que foi lida pela primeira, e segunda vez, e admittida á discussão para a proxima Sessão.

O senhor Borges Carneiro offereceo uma representação sobre objectos de agricultura de José Correia de Mello Serrão, que se remetteu á Commissão de agricultura.

Procedeu-se a chamada nominal, e acharão-se presentes 98 Deputados, faltando os senhores = Sepulveda - Pereira da Silva - Annes de Carvalho - e Paes de Sande. =

O senhor Presidente: - Vamos proceder ao escrutinio para a eleição dos que hão de ser propostos Conselheiros de Estado: e seria bom, que os nomes se escrevessem nas listas por ordem alphabetica, para maior facilidade no escrutinio. Mas se alguns senhores tem já feito as suas listas por outro modo, nem por isso as mudem; porque assim se gastaria tanto tempo, como queriamos poupar. Em quanto não se combinar o numero das listas com o numero dos senhores que se achão presentes no Congresso, peço que não saia nenhum, para evitar equivocações.

Ia começar o escrutinio, quando chegou um officio do Ministro da Marinha, (que foi lido pelo senhor Secretario Felgueiras) no qual se annunciava, que a Esquadra, que acompanha a S. Magestade, estava avista: e que sendo avistada ás 5 horas da manhã, deveria estar na barra ao meio-dia.

O senhor Presidente: - A' vista desta participação he absolutamente impossivel que hoje possa ter lugar o desembarque de S. Magestade. À Esquadra não póde dar fundo, senão até ás 2, ou 3 horas da tarde; e para preparar tudo, o que he necessario, não póde ser senão amanhã.

O senhor Pimentel Maldonado: - Resta saber,

*