O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

CÂMARA DOS SENHORES DEPUTADOS

13.ª SESSÃO

EM 5 DE MAIO DE 1905

SUMMARIO.- Lida e approvada a acta, deu-se conta do expediente, dez officios e dois projectos de lei em segunda leitura. Foram admittidos. - O Sr. Conde da Ribeira Grande (D. Vicente) requer a aggregação de alguns Srs. Deputados á commissão de agricultura. - Alguns Srs. Deputados fazem perguntas ao Sr. Presidente sobre a realização dos seus avisos previos. - O Sr. Homem de Gouveia realiza um aviso previo ao Sr. Ministro da Justiça sobre a sua portaria referente ao proceder do Prelado de Bragança. - Responde o Sr. Ministro da Justiça (José de Alpoim), tendo a camara consentido em prorogar a hora regimental em beneficio da continuação do debate. - São introduzidos na sala e prestam juramento os Srs. Frederico Ramires e Francisco Joaquim Fernandes. - O Sr Valerio Villaça apresenta o parecer da commissão dos negocios externos sobre a proposta de lei n.° 5-A. - Varios outros Srs. Deputados apresentam requerimentos, notas de avisos previos e interpellações.

Na ordem do dia (continuação da discussão do projecto de lei n.° 3, organização do exercito), falam, successivamente, os Srs. Rodrigues Ribeiro e Antonio Guerreiro. - O Sr. Sinel de Cordes requer que o Sr. Mathias Nunes seja aggregado á commissão de guerra. - O Sr. Valerio Villaça communica a constituição da commissão de vacaturas.