O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

679
CORTES GERAES.
Sessão Extraordinaria de 1836.
SESSÃO REAL DE ABERTURA
Em 29 de Maio.
Depois do meio dia se reuniram na Sala das Sessões da Camara Electiva, os Dignos Pares do Reino, e os Senhores Deputados da Nação Portugueza.
Tomou a Presidencia o Sr. Duque de Palmella; e tendo declarado aberta a Sessão, nomeou a Grande Deputação para receber Sua Magestade na entrada do Palacio das Côrtes, composta dos seguintes Dignos Pares
Os Srs. Trigoso,
Conde de Lumiares,
Machado,
Gambôa,
Marquez de Santa Iria,
Margiochi,
Barão de Renduffe,
Visconde da Serra do Pilar,
Botelho,
Braamcamp,
Conde de Paraty,
Visconde de Porto Covo;
e Srs. Deputados B. de Ruivós,
Bettencourt,
Vasconcellos,
Lopes Lima,
Costa Faria,
Pessanha,
Camacho,
Couceiro,
Pestana,
S. Castel-branco,
Soure,
Larcher.
Havendo a Deputação sahido da Sala, ficou a Sessão suspensa até que
Sendo uma hora e um quarto entrou Sua Magestade, acompanhada do Principe D. Fernando, e precedida da Côrte, Officiaes-Móres da Casa Real, e da Grande Deputação: Subiu ao Throno, e disse:
«Dignos Pares do Reino, e Senhores Deputados da Nação Portugueza — sentai-vos.»
Sua Magestade recitou então o seguinte
DISCURSO.
«É sempre com particular satisfação que vos vejo reunidos em volta do meu Throno, a fim de que no exercicio de vossas altas funções me coadjuveis nos meios adequados para a consolidação, e desenvolvimento da Carta Constitucional da Monarchia.
«Não tendo cabido no breve espaço da Sessão ordinaria o exame do balanço, e do orçamento da receita e despeza do Estado, nem a adopção de providencias indispensaveis, assim ácerca da Fazenda Nacional, como sobre outros ramos da publica administração, força era que, exercendo uma das attribuições do Poder Moderador, eu vos convocasse extraordinariamente para dedicardes os vossos trabalhos a medidas instantemente reclamadas pelo bem do Reino.
«A diminuição da despeza, e o augmento da receita publica, os meios da sua prompta cobrança, o credito nacional, e outras materias de similhante importancia farão objecto das proposições que vos tem de ser apresentadas, como de maior urgencia, pelos meus Ministros e Secretarios de Estado, e que certo serão dignas de toda a vossa attenção.
«Da vossa experiencia, sabedoria, e amor da patria espero que sobre tão ponderosos assumptos tomareis decisões tendentes a coadjuvar-me no empenho de realisar os beneficios da Carta Constitucional, fazendo a prosperidade de todos os meus Subditos.
«Está aberta a Sessão extraordinaria.»
Levantou-se então Sua Magestade, retirando-se acompanhada pelo mesmo Cortejo, e com as formalidades com que havia entrado.
Tendo voltado a grande Deputação, disse o Sr. Presidente: Está fechada a Sessão. — Era uma hora e tres quartos.