O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

1386 | I Série - Número 033 | 24 de Junho de 2005

 

O Sr. Presidente: - Para um pedido de esclarecimento, tem a palavra o Sr. Deputado António Montalvão Machado.

O Sr. António Montalvão Machado (PSD): - Sr. Presidente, Sr. Deputado António Gameiro, devo dizer-lhe que ouvi com atenção a sua intervenção e que ela me deixou um pouco perplexo.
V. Ex.ª utilizou várias vezes as expressões "é preciso ter vergonha", "foi uma falta de vergonha", "deveriam ter vergonha" e devo dizer-lhe que essa é uma linguagem que nós consideramos imprópria e, além disso, falsa. É falsa porque aqui ficou demonstrado, não pelo recurso à comunicação social mas, sim, ao Diário da República,…

O Sr. António Gameiro (PS): - Também tenho o Diário da República!

O Orador: - … que este Governo, em três meses, cometeu o despautério de nomear 200 dirigentes, sem a mais pequena espécie de justificação, sem a mais pequena espécie de urgência. Poderá dizer-se mesmo que quando esta lei entrar em vigor já estaremos perante uma autêntica inutilidade superveniente da lide, ou seja, que quando ela entrar em vigor já não tem destinatários, porque estão todos nomeados.

Vozes do PSD: - Muito bem!

O Orador: - Isto, sim, é que é escandaloso!

O Sr. Guilherme Silva (PSD): - É uma vergonha!

O Orador: - E falar aqui em nomes, como V. Ex.ª fez, citando nomes completos de pessoas?… Fez bem em emendar a mão, até porque não é esse o seu estilo! Tenho trabalhado com V. Ex.ª na 1.ª Comissão e percebi que tem um estilo de prudência e de serenidade, que aqui não exibiu!

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): - É verdade, é surpreendente!

O Sr. Pedro Mota Soares (CDS-PP): - É um arruaceiro!

O Orador: - Mas o que ainda é mais impróprio, se me permite, Sr. Deputado, é que à falta de argumentação, à falta de razoabilidade, à falta de fundamentação da vossa proposta, V. Ex.ª vá aquela Tribuna tentar lançar a intriga entre um candidato independente a uma câmara municipal e o Presidente do Partido Social-Democrata! Isso demonstra a sua falta de razoabilidade, a sua falta de argumentação!

O Sr. Guilherme Silva (PSD): - A falta de nível!

O Orador: - E até queria perguntar-lhe, Sr. Deputado, já que V. Ex.ª, considerou que, afinal, a lei de 2004 - são palavras suas - "é uma boa base de trabalho", se porventura se recorda de qual foi o sentido de voto do Partido Socialista relativamente a essa lei.

Vozes do PSD: - Muito bem!

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): - Não foi há muito tempo!

Vozes do CDS-PP: - Muito bem, "evoluíram"...!

O Sr. Presidente (António Filipe): - Para responder, tem a palavra o Sr. Deputado António Gameiro.

O Sr. António Gameiro (PS): - Sr. Presidente, Sr. Deputado António Montalvão Machado, é com muita honra que lhe digo que evoluímos, portanto, não temos qualquer problema em admiti-lo.

O Sr. Nuno Teixeira de Melo (CDS-PP): - Depende da evolução!

O Sr. Guilherme Silva (PSD): - Isso é o que nós esperamos!

O Orador: - Mas, se VV. Ex.as não têm honra e orgulho em evoluir, tenho muita pena; eu tenho e penso que o PS também tem. É com a evolução e o progresso que construiremos um Portugal melhor…

Vozes do PS: - Muito bem!

Páginas Relacionadas
Página 1392:
1392 | I Série - Número 033 | 24 de Junho de 2005   O Sr. Presidente (Manuel
Pág.Página 1392
Página 1393:
1393 | I Série - Número 033 | 24 de Junho de 2005   Submetido à votação, foi
Pág.Página 1393