O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

39 | I Série - Número: 103 | 5 de Julho de 2008

O Sr. Bernardino Soares (PCP): — Só que não foi isso que o Partido Socialista e a direita quiseram fazer.
O que o Partido Socialista e a direita quiseram fazer, hipocritamente, foi congratular-se com a liberdade de Ingrid Betancourt para, depois, também hipocritamente, glorificarem um regime que assassina e promove grupos paramilitares torcionários.

O Sr. António Filipe (PCP): — Exactamente!

O Sr. Jorge Strecht (PS): — Está enganado!

O Sr. Bernardino Soares (PCP): — O Sr. Ministro falou aqui da campanha eleitoral que Ingrid Betancourt fazia quando foi sequestrada, mas não fala dos candidatos de forças de esquerda e progressistas que, na Colômbia, quando se apresentam às eleições, são assassinados a coberto do governo de Álvaro Uribe. Estes não merecem qualquer indignação da parte do Sr. Ministro! Mas eu, Sr. Ministro, não faço como o Governo, não presumo que o Governo está de acordo com esses métodos, como o Sr. Ministro pretendeu presumir que sucedia connosco em relação a outros.

Aplausos do PCP e de Os Verdes.

O Sr. Presidente: — Para dar explicações, tem a palavra o Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares.

O Sr. Bernardino Soares (PCP): — Vai pedir desculpa!

O Sr. António Filipe (PCP): — Vai condenar o Governo da Colômbia!

O Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares: — Sr. Presidente, Sr. Deputado Bernardino Soares, o PCP apresentou um projecto de voto nesta Assembleia, onde se congratula com o regresso à liberdade de Ingrid Betancourt, exprime o desejo de que a liberdade de Ingrid Betancourt possa contribuir para um caminho de paz para a Colômbia,…

O Sr. António Filipe (PCP): — Exactamente!

O Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares: — … apela às partes envolvidas para que encetem negociações, valoriza todos os esforços, manifesta-se pelo respeito da soberania e apela às partes para que se empenhem na busca de uma solução política negociada do conflito.

O Sr. António Filipe (PCP): — Muito bem!

O Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares: — Falta aqui uma coisa, Sr. Deputado: condenar o sequestro de Ingrid Betancourt…

O Sr. António Filipe (PCP): — Mas, afinal, o que é que está em causa?!

O Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares: — … e o recurso sistemático a esse método terrorista que é o de sequestrar pessoas,…

O Sr. Bruno Dias (PCP): — E os que são assassinados?!

O Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares: — … tomar reféns, mesmo quando os sequestrados estão a usar o seu direito básico de se apresentarem em campanha eleitoral de forma pacífica, desarmados, no território, mostrando a sua coragem.
É esta omissão do PCP que diz tudo…

Páginas Relacionadas
Página 0042:
42 | I Série - Número: 103 | 5 de Julho de 2008 3 — Apela às partes envolvidas para que enc
Pág.Página 42