O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

54 | I Série - Número: 033 | 23 de Dezembro de 2010

uma tristeza evidente que a vejo partir deste Parlamento, ainda que tenha a noção de que ela vai continuar activamente na vida pública.
Em nome do Grupo Parlamentar do Partido Socialista, o nosso agradecimento a Manuela Melo pelo grande contributo que deu para a afirmação do nosso projecto político.
Quero também dirigir algumas palavras ao Sr. Deputado Miguel Vale Almeida. O Sr. Deputado esteve menos tempo no Parlamento — e não o conheço tão profundamente como conheço a Sr.ª Deputada Manuela Melo — , mas impôs-se também no debate político.
Sendo uma grande personalidade da nossa vida académica, trouxe aqui o contributo da sua inteligência e da sua cultura para que se ampliassem os direitos individuais, batendo-se pelas causas que são conhecidas e que identificam muito do seu combate político. Deu aqui um contributo muito importante para alguns avanços civilizacionais nesse domínio e, por isso, em nome do Grupo Parlamentar do PS, quero manifestar o nosso agradecimento pelo trabalho, pelo empenhamento e pela inteligência colocados ao serviço dessas causas por parte do Deputado Miguel Vale Almeida.

Aplausos gerais, tendo o PS aplaudido de pé.

O Sr. Presidente: — Sr.as e Srs. Deputados, a Mesa associa-se também a estes votos, pois trata-se de dois Deputados que foram sempre muito intervenientes, e, em especial em relação à Sr.ª Deputada Manuela Melo, lamenta perder a directora do Canal Parlamento.
A Mesa deseja felicidades ao Sr. Deputado Miguel Vale Almeida na sua carreira académica conhecida e à Sr.ª Deputada Manuel Melo no reencontro com a sua tranquilidade, restando ao futuro saber se nos reencontraremos com a memória de Manuela Melo enquanto parlamentar, enquanto vereadora, enquanto artista do Teatro Experimental do Porto ou enquanto figura amável e amiga nos telejornais da tarde emitidos a partir do Porto, dos estúdios do Monte da Virgem, na RTP.
Muito obrigado e felicidades.

Aplausos gerais.

Tem a palavra a Sr.ª Deputada Manuel Melo.

A Sr.ª Manuela Melo (PS): — Sr. Presidente, se me permite, gostava de deixar algumas palavras.
Ouvi com muita satisfação as palavras do Sr. Deputado Francisco de Assis, tal como as do Sr. Presidente, e tenho recebido de todas as bancadas manifestações de amizade que muito me comovem. Isto significa que é possível, nesta Casa, discutir acaloradamente, divergir, zangarmo-nos às vezes, mas manter um relacionamento de respeito e, por vezes, mesmo de admiração e de amizade.
Neste momento, em que saio da Assembleia, tenho de agradecer a Deputados de todos os partidos por me terem feito perceber qual é a essência — e é essa — do trabalho no Parlamento.
Queria fazer uma referência especial, obviamente, ao Partido Socialista, que, ao longo de 21 anos, me integrou nas suas listas à Câmara Municipal do Porto e à Assembleia da República sem nunca ter questionado a minha condição de independente. Penso que isso é uma enorme vantagem de um partido que, tendo imensos militantes, imensos quadros, não deixou de ir buscar ao exterior as pessoas que poderiam seguir um percurso idêntico ao seu.
Na sua pessoa, Sr. Presidente, quero também agradecer a todos os serviços da Assembleia o apoio que deram e, sobretudo, agradecer-lhe e dizer que fico com admiração pela sua capacidade de actuar enquanto Presidente da Assembleia da República, pelo seu equilíbrio entre maleabilidade e firmeza, que permite tanta riqueza nos debates, e também pelo sentido de humor que põe, inclusivamente hoje, nas palavras que nos dirige.
Muito obrigada a todos.

Aplausos gerais.

Páginas Relacionadas
Página 0058:
58 | I Série - Número: 033 | 23 de Dezembro de 2010 Por outro lado, aqueles projectos de re
Pág.Página 58
Página 0059:
59 | I Série - Número: 033 | 23 de Dezembro de 2010 «Modifica o regime dos horários de func
Pág.Página 59