O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 40

36

O Sr. Duarte Filipe Marques (PSD): — É mentira?!

A Sr.ª Nilza de Sena (PSD): — Mas os senhores acham isto aceitável!

Sr.as e Srs. Deputados, este é um mau diploma! Não acrescenta, subtrai… Há atrasos e mais atrasos que

são escandalosos.

Não foi o PSD que anunciou o fim da precariedade, foram os senhores que o anunciaram, foi o Governo.

Portanto, o PSD, nesta matéria, depois de uma maratona de audições, anuncia que vai apresentar uma

iniciativa legislativa própria que vá ao encontro das expectativas dos investigadores e das instituições.

Aplausos do PSD.

Protestos do BE.

O Sr. Duarte Filipe Marques (PSD): — Zero bolsas!

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Ainda no tempo disponível, tem a palavra o Sr. Deputado Luís Monteiro,

do Bloco de Esquerda…

O Sr. Pedro Filipe Soares (BE): — Peço a palavra, Sr. Presidente.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Tem a palavra, Sr. Deputado.

O Sr. Pedro Filipe Soares (BE): — Sr. Presidente, se me permite, é prática instituída que os partidos que

agendam iniciativas encerram o debate.

Se mais nenhuma bancada nem o Governo quiserem intervir…

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — É o caso, Sr. Deputado.

O Sr. Pedro Filipe Soares (BE): — Então, assim será.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Só está previsto que o Governo faça a sua intervenção final no

encerramento, uma vez que é um decreto-lei que está a ser apreciado.

O Sr. Pedro Filipe Soares (BE): — Sr. Presidente, se me permite, não é essa a prática instituída. Este é um

debate agendado por partidos políticos, com iniciativas e propostas de alteração.

O Governo intervém quando quiser, mas o encerramento não é uma prerrogativa do Governo.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Não vamos estabelecer uma querela à volta disto, Sr. Deputado.

Tem a palavra o Sr. Deputado João Oliveira.

O Sr. João Oliveira (PCP): — Sr. Presidente, parece-me que, nisto, o PCP tem voto de qualidade porque foi

quem fez o agendamento.

Da nossa parte, temos o direito de encerrar o debate, porque fomos o partido que agendou a iniciativa. Vemos

vantagem em que o Sr. Ministro possa ainda responder, no fim, a algumas perguntas.

Portanto, se o Governo não quiser encerrar o debate, terá de ser o PCP a fazê-lo. De resto, as outras

bancadas que ainda têm tempo disponível, nomeadamente o Bloco de Esquerda, o CDS e o PSD, é bom que

se inscrevam antes do PCP e do Governo.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Sr. Deputado João Oliveira, relativamente à precedência das vossas

intervenções, não há dúvida. A Mesa não regista mais nenhum pedido de inscrição, a não ser da parte dos

Grupos Parlamentares do Bloco de Esquerda e do PCP, e a disponibilidade do Sr. Deputado para que o Governo

encerre o debate.

Páginas Relacionadas
Página 0030:
I SÉRIE — NÚMERO 40 30 O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Também para
Pág.Página 30
Página 0031:
19 DE JANEIRO DE 2017 31 Por isso, apresentamos como proposta de alteração a integr
Pág.Página 31
Página 0032:
I SÉRIE — NÚMERO 40 32 Em primeiro lugar, o argumento de que este dip
Pág.Página 32
Página 0033:
19 DE JANEIRO DE 2017 33 Finalmente, e em terceiro lugar, o Decreto-Lei estabelece
Pág.Página 33
Página 0034:
I SÉRIE — NÚMERO 40 34 Por isso, claro que estamos abertos à clarific
Pág.Página 34
Página 0035:
19 DE JANEIRO DE 2017 35 … digo, compromissos e fazer o que deve ser feito.
Pág.Página 35
Página 0037:
19 DE JANEIRO DE 2017 37 Sr. Deputado Pedro Filipe Soares, mantém a sua posição?
Pág.Página 37
Página 0038:
I SÉRIE — NÚMERO 40 38 O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Muito bem, S
Pág.Página 38
Página 0039:
19 DE JANEIRO DE 2017 39 Por isso, mais do que fazer um debate sobre estratégias, t
Pág.Página 39