O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 104

38

É por isso que é tão grave a postura que aqui teve o PSD, que durante um ano não apresentou uma única

proposta sobre o conjunto de projetos de reforma da floresta.

Aplausos do PS.

O PSD apresentou-se aqui, verdadeiramente, encostado ao eucalipto, refém do seu passado e perdido num

beco sem futuro.

Aplausos do PS.

Temos de trabalhar em torno da valorização do território. Foi por isso que o Governo, onde outros fecharam

tribunais, reabriu ou requalificou 43 tribunais nas zonas do interior.

Aplausos do PS.

Protestos do PSD.

Onde outros fizeram o maior aumento de impostos da história da democracia o Orçamento cria uma taxa de

12,5% para a localização de empresas nas zonas do interior.

Aplausos do PS.

Onde havia um Governo sem cultura nem Ministério da Cultura a Fundação do Côa reabre uma dimensão

de valorização cultural e económica numa zona de baixa densidade.

Aplausos do PS.

Protestos do PSD.

Onde centros de saúde e serviços públicos fechavam, nós criámos um sistema de promoção da atração de

médicos para o interior e de criação de lojas do cidadão um pouco por todo o interior, nomeadamente em

Belmonte, no Sardoal, na Batalha ou em Santarém, para que os cidadãos tenham serviços públicos de

qualidade.

Aplausos do PS.

Protestos do Deputado do PSD Filipe Duarte Marques.

Para isso trabalharemos com todas as bancadas que não estejam reféns do seu desespero, com todas

aquelas que aqui apresentaram propostas.

O ordenamento da floresta é uma peça fundamental para que ela tenha mais-valia económica, para que ela

seja um instrumento de fixação e de atração das populações, para que ela seja um instrumento de inovação, de

atração de conhecimento, de fixação de novas populações, com qualificação, em trabalho com as universidades,

em trabalho com as empresas, trabalho sobretudo virado para aqueles que vivem em regiões em que há 50

anos a população era o dobro daquela que é hoje.

Para nós, a valorização do território é uma prioridade absoluta. Por isso a cooperação transfronteiriça foi o

tema único da recente Cimeira Luso-Espanhola. Por isso, o ordenamento da floresta é o tema em que, desde

outubro de 2016, esperamos o contributo de todos para este debate e saudamos todos, porque todos o fizeram

exceto o PSD.

Aplausos do PS.

Páginas Relacionadas
Página 0042:
I SÉRIE — NÚMERO 104 42 O Sr. João Ramos (PCP): — Sr. Presiden
Pág.Página 42