O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 38

48

Em terceiro lugar, o texto final da proposta de lei n.º 98/XIII (3.ª), que inclui as propostas de alteração

apresentadas pelos Grupos Parlamentares do PSD, do PS e do BE, contempla a atribuição de licenças de

utilização privativa do domínio público hídrico apenas para situações de primeira habitação ou associadas ao

exercício de atividade profissional ligada à pesca ou a serviços à comunidade.

Entende o PCP que todos os núcleos populacionais das ilhas-barreira da Ria Formosa devem ser

reconhecidos, procedendo-se à emissão de títulos para todas as habitações, independentemente de serem de

primeira habitação ou associadas ao exercício de atividade profissional ligada à pesca ou a serviços à

comunidade.

Em suma, o texto final da proposta de lei n.º 98/XIII (3.ª) permite a atribuição de títulos de ocupação do

domínio público hídrico apenas a uma parte das habitações de um único núcleo populacional e por um período

de tempo limitado, não resolvendo de forma satisfatória o problema da legalização das edificações dos núcleos

populacionais das ilhas-barreira da Ria Formosa.

O PCP reafirma que é necessário encontrar uma solução definitiva para todos os núcleos populacionais das

ilhas-barreira da Ria Formosa. É preciso reconhecer a existência destes núcleos e traduzir esse reconhecimento

na lei. É preciso aprovar projetos de intervenção e requalificação para todos os núcleos. É preciso concretizar

esses projetos, disponibilizando verbas para o efeito. É preciso apoiar as atividades económicas desenvolvidas

na Ria Formosa, designadamente as atividades piscatórias e de marisqueio. É preciso proceder à requalificação

do sistema lagunar da Ria Formosa e à implementação de medidas de proteção da orla costeira. Em suma, é

preciso afirmar o direito a viver e produzir na Ria Formosa!

O Deputado do Grupo Parlamentar do PCP, Paulo Sá.

———

Nota: As declarações de voto anunciadas pelos Deputados do PSD Amadeu Soares Albergaria e Duarte

Filipe Marques, do PS Diogo Leão, Sofia Araújo, Hortense Martins e Pedro Coimbra, do BE Pedro Filipe Soares

e do CDS-PP Hélder Amaral e Pedro Mota Soares não foram entregues no prazo previsto no n.º 3 do artigo 87.º

do Regimento da Assembleia da República.

———

Presenças e faltas dos Deputados à reunião plenária.

A DIVISÃO DE REDAÇÃO E APOIO AUDIOVISUAL.

Páginas Relacionadas
Página 0004:
I SÉRIE — NÚMERO 38 4 O Sr. Presidente: — Sr.as e Srs. Deputados, Sr.
Pág.Página 4
Página 0005:
20 DE JANEIRO DE 2018 5 transações comerciais de madeira; e a criação de uma estrut
Pág.Página 5
Página 0006:
I SÉRIE — NÚMERO 38 6 Comissão de Agricultura, o Secretário de Estado
Pág.Página 6
Página 0007:
20 DE JANEIRO DE 2018 7 O Estado tem a obrigação de ajudar sobretudo os pequenos pr
Pág.Página 7
Página 0008:
I SÉRIE — NÚMERO 38 8 É também por isso que Os Verdes afirmam que a t
Pág.Página 8
Página 0009:
20 DE JANEIRO DE 2018 9 O Partido Comunista Português ainda não percebeu…
Pág.Página 9
Página 0010:
I SÉRIE — NÚMERO 38 10 Com as diferenças próprias de pensar e de agir
Pág.Página 10
Página 0011:
20 DE JANEIRO DE 2018 11 apresentam um forte alinhamento estratégico ao nível dos p
Pág.Página 11
Página 0012:
I SÉRIE — NÚMERO 38 12 A Sr.ª Paula Santos (PCP): — Exatamente! <
Pág.Página 12