O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 68

38

O Sr. Ricardo Baptista Leite (PSD): — Mas há uma questão relativamente à qual tinha dúvidas: por que

razão é que o PCP, ou o Bloco de Esquerda, ou o PS, está sempre a recordar o ano de 1979? Hoje percebi, de

uma vez por todas!

O Sr. Presidente (José Manuel Pureza): — Queira terminar, Sr. Deputado.

O Sr. Ricardo Baptista Leite (PSD): — Termino já, Sr. Presidente.

A razão por que estes partidos só falam de 1979 é para não falarem de 2019, ano em que os portugueses

não têm acesso à saúde, não têm acesso à saúde que merecem!

Aplausos do PSD.

O Sr. Presidente (José Manuel Pureza): — Para uma intervenção, tem a palavra o Sr. Deputado Nuno

Magalhães.

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): — Sr. Presidente, Sr. Deputado António Sales, disse o Sr. Deputado que

a Sr.ª Deputada Isabel Galriça Neto não lhe fez nenhuma pergunta. Ora, o Sr. Deputado tem 9 segundos para

responder a uma pergunta que lhe vou fazer, e devagarinho.

Quanto à primeira pedra do centro oncológico no hospital de Viseu, a Sr.ª Ministra, ontem, em Comissão,

disse zero!

Quanto ao hospital do Seixal, já vamos na segunda pedra, pelo que lhe faço uma pergunta muito clara:

haverá uma terceira? Para os vossos aliados, que hoje tanto gritam, poderão lançar ainda uma quarta?

Responda: é para fazer ou não é para fazer?

Responda, só aqui entre nós, para o País perceber quem é que está a falar com seriedade e quem mente.

Aplausos do CDS-PP.

O Sr. Presidente (José Manuel Pureza): — Para uma última intervenção, tem a palavra o Sr. Deputado

António Sales, do Partido Socialista.

O Sr. António Sales (PS): — Sr. Presidente, Sr. Deputado Nuno Magalhães, em 9 segundos, vou tentar

responder.

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): — Responda «sim» ou «não»!

O Sr. António Sales (PS): — Sr. Deputado, garantidamente, não vai ser uma pedra como a pedra no Hospital

de São João, cuja ala pediátrica foi duas vezes inaugurada, sem cabimentação para o projeto.

Aplausos do PS.

Em relação à resposta, a Sr.ª Ministra já respondeu ontem, em sede de Comissão, que sim.

Aplausos do PS.

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): — Desmentiu a Ministra! É mais uma para ser demitida!

O Sr. Hélder Amaral (CDS-PP): — Não faz mal, entra a prima!

O Sr. Presidente (José Manuel Pureza): — Srs. Deputados, passamos à fase de encerramento do debate.

Para intervir, em nome do partido interpelante, tem a palavra a Sr.ª Deputada Ana Rita Bessa, do CDS-PP.

Páginas Relacionadas