O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 75

40

Boicote, cancelamento de encomendas, obstáculos e mais obstáculos, quando se tratava de uma empresa

pública.

A Sr.ª Emília Cerqueira (PSD): — Vocês não sabem do que falam!

O Sr. Jorge Machado (PCP): — Tudo para concessionar a empresa a privados. E, uma vez entregue a

privados, qual é o comportamento? Não falta dinheiro público para promover negócios privados, não faltam

encomendas, não faltam facilidades!

O que temos nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo é um processo vergonhoso, de vergonha nacional,

de destruição de uma empresa pública para promover negócios privados.

Aplausos do PCP.

Cá estaremos para ouvir e para concluir politicamente, depois de o Ministério Público fazer todas as

averiguações que estão em curso. Estaremos cá para fazer essa análise.

O Sr. Jorge Paulo Oliveira (PSD): — Vai ter de engolir muito!

O Sr. Jorge Machado (PCP): — Não temos nenhuma dúvida em dizer que, com este processo, foram

destruídos 600 postos de trabalho.

Sr. Presidente e Srs. Deputados, também não temos nenhum problema em dizer, e queremos reafirmá-lo,

que não há nenhum milagre da iniciativa privada. Não é esta empresa, construída a martelo, de um grupo

económico, que sabe construir navios!

Vozes do PCP: — Muito bem!

Vozes do PSD: — Não?!

O Sr. Jorge Machado (PCP): — Não foi ela que promoveu a construção milagrosa em Viana do Castelo.

Não! Quem sabe construir navios, quem sempre soube construir navios e aprendeu com décadas de trabalho

são os trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo.

Aplausos do PCP.

Protestos do PSD.

O que temos aqui é uma empresa criada a martelo de propósito para aproveitar competências, conhecimento

e décadas de experiência que os trabalhadores têm. E estes navios que estão a ser construídos poderiam e

deveriam estar a ser construídos sob a égide de uma empresa pública. Assim, sim, estaríamos a defender o

interesse nacional, e não com este vergonhoso voto apresentado pelo PSD.

Aplausos do PCP.

O Sr. Presidente: — Tem a palavra o Sr. Deputado Filipe Anacoreta Correia, do Grupo parlamentar do CDS-

PP, para uma intervenção.

O Sr. Filipe Anacoreta Correia (CDS-PP): — Sr. Presidente, Sr.as e Srs. Deputados: Ouvimos aqui o Partido

Socialista dizer que se congratula com a West Sea e com os trabalhadores que fazem com que, hoje, a cidade

de Viana do Castelo esteja no mapa mundial da construção de navios.

Factos são factos, Sr.as e Srs. Deputados.

Páginas Relacionadas
Página 0035:
13 DE ABRIL DE 2019 35 Vamos prosseguir com o Voto n.º 806/XIII/4.ª (apresentado pe
Pág.Página 35