O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 108

42

debate político, para a democracia e para a valorização da autonomia política açoriana é por todos reconhecido

e elogiado.

A Assembleia da República partilha, assim, a tristeza pelo falecimento de André Bradford, manifestando o

maior pesar e a solidariedade para com a sua família, os seus amigos, os açorianos em geral e os seus colegas

no Parlamento Europeu».

O Sr. Presidente: — Srs. Deputados, vamos votar.

Submetido à votação, foi aprovado por unanimidade.

Vamos guardar 1 minuto de silêncio.

A Câmara guardou 1 minuto de silêncio.

Passamos agora à votação do Voto n.º 861/XIII/4.ª (apresentado pelo CDS-PP) — De congratulação pelo

reconhecimento do Real Edifício de Mafra e do Santuário do Bom Jesus do Monte, em Braga, como Património

Mundial da UNESCO e pela inclusão do Museu Nacional de Machado de Castro no sítio Universidade de

Coimbra – Alta e Sofia.

Submetido à votação, foi aprovado por unanimidade.

Prosseguimos, com a votação do Voto n.º 862/XIII/4.ª (apresentado pelo PS) — De congratulação pela

classificação como Património Cultural da Humanidade do Santuário do Bom Jesus, em Braga, do Palácio

Nacional de Mafra e do Museu Nacional Machado de Castro.

Submetido à votação, foi aprovado por unanimidade.

Vamos votar, conjuntamente, os Votos n.os 863/XIII/4.ª (apresentado pelo PCP e subscrito por Deputados do

PS) — De saudação pela conquista do título mundial pela Seleção Portuguesa de Hóquei em Patins e

868/XIII/4.ª (apresentado pelo PS e subscrito por Deputados do PSD) — De saudação pela conquista, pela

Seleção Nacional de Hóquei em Patins, do Campeonato Mundial da modalidade.

Nas galerias encontram-se representantes da federação.

Aproveito para me associar também a estes votos.

Submetidos à votação, foram aprovados por unanimidade.

Aplausos gerais, de pé.

Passamos à votação do Voto n.º 864/XIII/4.ª (apresentado pelo PAN e subscrito por Deputados do PS) —

De condenação pela repressão e perseguição aos cristãos e católicos na China.

Submetido à votação, foi aprovado, com votos a favor do BE, do CDS-PP, do PAN, do Deputado não inscrito

Paulo Trigo Pereira, de 1 Deputado do PSD (Rubina Berardo) e de 6 Deputados do PS (António Cardoso,

Ascenso Simões, Maria da Luz Rosinha, Nuno Sá, Palmira Maciel e Wanda Guimarães), votos contra do PCP

e abstenções do PSD, do PS e de Os Verdes.

Passamos à votação do Voto n.º 865/XIII/4.ª (apresentado pelo PAN e subscrito por uma Deputada do PS)

— De condenação pela perseguição aos uigures pela China.

Submetido à votação, foi aprovado, com votos a favor do BE, do CDS-PP, do PAN, do Deputado não inscrito

Paulo Trigo Pereira, de 1 Deputado do PSD (Rubina Berardo) e de 5 Deputados do PS (António Cardoso,

Páginas Relacionadas
Página 0047:
20 DE JULHO DE 2019 47 Submetido à votação, foi rejeitado, com votos contra do PCP,
Pág.Página 47