O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 7

52

O Sr. Presidente: — Fica registado, Sr. Deputado. Mas já pensou na hipótese de apresentar uma declaração

de voto sobre todas estas votações ao mesmo tempo?

Risos.

Votamos agora o Projeto de Resolução n.º 48/XIV/1.ª (PCP) — Recomenda a construção de uma nova

maternidade em Coimbra que abarque o número de partos das atuais maternidades e seja situada junto ao

Hospital Geral dos Covões.

Submetido à votação, foi rejeitado, com votos contra do PS e do IL, votos a favor do BE, do PCP, do PAN,

do PEV e do L e abstenções do PSD, do CDS-PP, do CH e dos Deputados do PS Cristina de Jesus, João Ataíde,

João Gouveia, Pedro Coimbra e Tiago Martins.

A Sr.ª Elza Pais (PS): — Sr. Presidente, peço a palavra.

O Sr. Presidente: — É para que efeito, Sr.ª Deputada?

A Sr.ª Elza Pais (PS): — Sr. Presidente, é para anunciar que apresentaremos uma declaração de voto sobre

estas três votações.

O Sr. Presidente: — Fica registado, Sr.ª Deputada.

Passamos agora à votação do Relatório da Conta de Gerência da Assembleia da República relativos ao ano

de 2018.

Submetido à votação, foi aprovado, com votos a favor do PS, do PSD, do BE, do PCP, do CDS-PP, do PEV,

do CH, do IL e do L e a abstenção do PAN.

Srs. Deputados, estão agora em aprovação os n.os 92 a 102 do Diário, respeitantes às reuniões plenárias

realizadas nos dias 5, 6, 7, 12, 14, 18, 19, 21, 26, 27 e 28 de junho, e os n.os 103 a 108 do Diário, respeitantes

às reuniões plenárias realizadas nos dias 2, 3, 4, 5, 10 e 19 de julho.

Submetidos à votação, foram aprovados por unanimidade.

Chegámos ao fim das votações regimentais e, antes de encerrar a sessão, cabe-me informar que a próxima

reunião plenária será na quarta-feira, às 15 horas, tendo declarações políticas como ordem do dia.

O Sr. Pedro Delgado Alves (PS): — Sr. Presidente, peço a palavra.

O Sr. Presidente: — É para que efeito, Sr. Deputado?

O Sr. Pedro Delgado Alves (PS): — Sr. Presidente, é para fazer uma brevíssima interpelação à Mesa, que

se justificará.

Sendo hoje o Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa e sendo algo estruturante para o funcionamento

dos nossos trabalhos, em que a Assembleia foi pioneira, não tendo havido nenhum voto que o assinale,

gostávamos, no entanto, de deixar registado esse facto e de saudar a Assembleia por ter sido pioneira nessa

tarefa.

Aplausos em língua gestual de Deputados do PS, do BE, do PCP e do PAN.

O Sr. Presidente: - Muito bem, Sr. Deputado.

Desejo a todos um bom fim de semana. Está encerrada a sessão.

Páginas Relacionadas
Página 0049:
16 DE NOVEMBRO DE 2019 49 Submetido à votação, foi aprovado, com votos a favor do P
Pág.Página 49