O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

14 DE NOVEMBRO DE 1998

317

3 — Os funcionários dos organismos da administração do Estado impedidos de prestar provas ou comparecer a entrevistas em concursos de acesso ou de ingresso noutras carreiras, por se encontrarem a prestar serviço ao abrigo das situações previstas no artigo 26.°, têm direito a requerer o adiamento das mesmas, para data a acordar entre o respectivo organismo público e as Forças Armadas.

Artigo 39."

Isenção de emolumentos

São isentos de emolumentos os reconhecimentos notariais e demais actos necessários para a organização dos processos para fins militares, incluindo os efectuados pelos estabelecimentos de ensino e serviços públicos.

CAPÍTULO V Incentivos ao regime de contrato

Artigo 40.° Sistema de incentivos

1 — O Estado garante aos cidadãos um conjunto de incentivos adequados à sua integração e manutenção no regime de contrato e à respectiva inserção ou reinserção no mercado de trabalho.

2 — Os incentivos obedecem aos princípios da flexibilidade, diversidade e progressividade no que respeita à sua concessão, tendo em conta a natureza e duração do serviço efectivamente prestado.

3 — O ensino e a formação ministrados nas Forças Armadas, salvaguardadas as inerentes especificidades militares, devem obedecer a sistemas de créditos ou módulos, de modo que os respectivos graus e títulos correspondam aos conferidos nos sistemas educativo e formativo nacionais.

Artigo 41.° Regulamentação

Os incentivos à prestação de serviço efectivo em regime de contrato são regulamentados em legislação própria.

Artigo 42." Modalidades

Os incentivos à prestação de serviço efectivo em regime de contrato podem revestir diversas modalidades, designadamente:

a) Apoio à obtenção de habilitações académicas;

b) Apoio à formação e certificação profissional;

c) Compensação financeira e material;

d) Apoio à inserção ou reinserção no mercado dé trabalho;

e) Apoio social.

Artigo 43." Apoio à obtenção de habilitações académicas

1 — O apoio à obtenção de habilitações académicas compreende, designadamente:

d) A aplicação do estatuto do trabalhador-estudante, salvaguardando as especificidades do serviço militar;

b) A frequência, sem prejuízo do serviço, de cursos f normais ou intensivos com recurso às novas metodologias de ensino;

c) A contingentação de vagas para ingresso no ensino superior;

d) A fixação de épocas especiais de exames nos diferentes níveis de ensino.

2 — Os cursos, disciplinas e especialidades ministrados nas Forças Armadas são, para todos os efeitos legais, considerados equivalentes aos dos estabelecimentos civis de ensino oficial, ou oficialmente reconhecidos, desde qüe obedeçam ao previsto no n.°3 do artigo 40.°

Artigo 44." Apoio à formação e certificação profissional

1 — O apoio à formação profissional abrange, designadamente: 0

a) A organização e realização de cursos de formação profissional, nomeadamente de reciclagem, aperfeiçoamento e reconversão profissional, até ao nível 3 de qualificação, com incidência na formação em exercício e na formação flexível;

b) A contingentação de vagas para ingresso nos cursos do Instituto do Emprego e Formação Profissional.

2 — A formação ministrada nas Forças Armadas que confira conhecimentos e aptidões habilitantès para o, exercício profissional no mercado de trabalho garante o direito à respectiva certificação profissional, desde que obedeça ao previsto no n." 3 do artigo 40.°

Artigo 45.° Compensações financeiras e materiais

As compensações financeiras e materiais abrangem, designadamente:

á) Uma remuneração baseada nos níveis retributivos dos correspondentes postos dos militares dos quadros permanentes;

b) A atribuição, no termo do contrato, de uma prestação pecuniária calculada em função do tempo de serviço efectivamente prestado;

c) A atribuição de fardamento, alojamento e alimentação;

d) A concessão de bolsas de estudo, no País e no estrangeiro;

e) A concessão de um subsídio destinado ao pagamento de propinas para frequência dos diversos níveis de ensino.

Artigo 46.°

Apoio à inserção e reinserção no mercado de trabalho

O apoio à inserção e reinserção no mercado de trabalho compreende, designadamente:

a) A habilitação a prestações de desemprego nos termos da lei geral;

b) O apoio à criação, no âmbito da iniciativa local, de projectos profissionais próprios e de pequenas empresas familiares;

Páginas Relacionadas
Página 0310:
310 II SÉRIE-A — NÚMERO 18 PROPOSTA DE LEI N.9212/VII (DEFINE UM PERÍODO DE JUS
Pág.Página 310
Página 0311:
14 DE NOVEMBRO DE 1998 311 Este entendimento, que se baseia conjugadamente nos requis
Pág.Página 311
Página 0312:
312 II SÉRIE-A — NÚMERO 18 efectivos mínimos em tempo de paz, quando não garantida po
Pág.Página 312
Página 0313:
14 DE NOVEMBRO DE 1998 313 2 — O recrutamento militar compreende as seguintes modalid
Pág.Página 313
Página 0314:
314 II SÉRIE-A — NÚMERO 18 Artigo 16." Classificação e selecção 1 — Os cidadãos
Pág.Página 314
Página 0315:
14 DE NOVEMBRO DE 1998 315 b) De 27 anos, para cidadãos possuidores de habilitação ac
Pág.Página 315
Página 0316:
316 II SÉRIE-A — NÚMERO 18 b) Ser filho ou irmão de militar falecido em campanha ou d
Pág.Página 316
Página 0318:
318 II SÉRIE-A — NÚMERO 18 c) A celebração de protocolos com empresas públicas e priv
Pág.Página 318
Página 0319:
14 DE NOVEMBRO DE 1998 319 militar ou conseguir resultado diferente do devido nas pro
Pág.Página 319