O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

1262

II SÉRIE-A — NÚMERO 47

DECRETO N.ºs 320/VII AIMEHU DE TRÊS PARA QUATRO AMOS A DURAÇÃO

MÁXIMA DO MANDATO DOS TITULARES DE CORPOS

GERENTES DE ASSOCIAÇÕES SINDICAIS.

A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161° da Constituição, para valer como lei geral da República, o seguinte:

Artigo único

O artigo 17.° do Decreto-Lei n.° 215-B/75, de 30 de Abril, passa a ter a seguinte redacção:

Artigo 17.° Democracia sindical

I — ........................................................................

2— ........................................................................

3— ........................................................................

4— ..........:.............................................................

5 —........................................................................

6—........................................................................

7 — O mandato dos corpos gerentes não pode ter

duração superior a quatro anos, sendo permitida a reeleição para mandatos sucessivos.

8—........................................................................

9— .............................................................'..........

10— ......................................................................

II — ..............................................•........................

Aprovado em 18 de Março de 1999. O Presidente da Assembleia da República, António de

Almeida Santos.

RESOLUÇÃO

RELATIVA À ADOPÇÃO DE MEDIDAS CONTRA A DESLOCALIZAÇÃO DE EMPRESAS

A Assembleia da República resolve, nos termos do n.° 5 do artigo 166.° da Constituição, o seguinte:

Pronunciar-se pela necessidade de o Governo suscitar, nas instâncias internacionais adequadas (União Europeia, OCDE, OMC, ONU), o debate e a adopção de medidas visando disciplinar o investimento directo estrangeiro e os processos de deslocalização das empresas.

Defender á revelação pública dos contratos e ajudas outorgadas em caso de deslocalização de empresas.

Instar o Governo a alterar a legislação sobre indemnizações por despedimentos, aumentando os valores a pagar aos trabalhadores que perdem o seu emprego em resultado de processos de deslocalização, aumentando o período com direito ao subsídio de desemprego, bem como a produzir legislação sobre compensações ao sistema da segurança social no caso do pagamento de reformas antecipadas.

Defender um programa público de apoio as autarquias de municípios vítimas de prejuízos decorrentes da deslocalização, bem como às pequenas e médias empresas subcontratadas de uansnaciqnais que se deslocalizam.

Sublinhar a necessidade de as empresas que se deslocalizam em violação de acordos e contratos estabelecidos

reembolsarem as ajudas públicas outorgadas e indemnizarem os países e municípios onde se verificam tais çroces-

sos.

Aprovada em 11 de Março de 1999.

O Presidente da Assembleia da República, António de Almeida Santos.

RESOLUÇÃO

ALARGAMENTO DAS ATRIBUIÇÕES DA COMISSÃO EVENTUAL DE INQUÉRITO ÀS DENÚNCIAS DE CORRUPÇÃO NA JUNTA AUTÓNOMA DAS ESTRADAS.

A Assembleia da República resolve, nos termos do n.° 5 do artigo 166.° da Constituição, aprovar o alargamento das atribuições da Comissão Eventual de Inquérito às Denúncias de Corrupção da Junta Autónoma das EsUadas, por forma a incluir a averiguação das condições e finalidades que presidiram à nomeação e exoneração, pelo MinisUo do Equipamento, do Planeamento e da Adminisuação do Território, dos elementos que colaboraram na sindicância à JAE.

Aprovada em 11 de Março de 1999.

O Presidente da Assembleia da República, António de Almeida Santos.

RESOLUÇÃO

CONSTITUIÇÃO DE UMA COMISSÃO EVENTUAL DE INQUÉRITO PARLAMENTAR À GESTÃO GOVERNAMENTAL DOS SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO E À SUA RELAÇÃO COM ACTIVIDADE DE POLÍCIA.

A Assembleia da República resolve, nos termos do n.° 5 do artigo 166." da Constituição, o seguinte:

1 — É constituída a Comissão Eventual de Inquérito à Gestão Governamental dos Serviços de Informação e à Sua Relação com Actividades de Polícia.

2 — A Comissão tem pór objecto a fiscalização das responsabilidades do Governo:

a) No processo de substituição do director do Serviço de Informações Esuatégicas de Defesa e Militares, nomeadamente em relação às acusações formuladas pelo director cessante sobre ordens ilegais emanadas da tutela, às circunstâncias que envolveram a sua demissão, ao auto de averiguações mandado efectuar pelo Governo e à relação que estas têm com a escolha do indigitado para substituir o director demitido;

b) Na descoordenação manifesta ao nível da actual do Serviço de Informações de Segurança e da clarificação das contradições públicas, ao nível do Serviço e da respectiva tutela ministerial, designadamente quanto à actuação operacional do Serviço em matérias que, revestindo ou não a forma de relatório, indiciam a recolha e utilização de informação com a natureza de investigação criminal;

c) Na banalização da violação dos deveres legais de

segredo, aUavés da divulgação quotidiana, na praça pública, da agenda, dos relatórios e de outros documentos relativos aos Serviços de Informação,

Páginas Relacionadas
Página 1270:
1270 II SÉRIE-A —NÚMERO 47 posições específicas, assinalando, na respectiva exposição
Pág.Página 1270
Página 1271:
25 DE MARÇO DE 1999 1271 dos, mísseis inteligentes autodirigíveis; a capacidade de si
Pág.Página 1271
Página 1272:
1272 II SÉRIE-A —NÚMERO 47 Milícias concelhias e cavalaria vilã, que relevam de um si
Pág.Página 1272
Página 1273:
25 DE MARÇO DE 1999 1273 camente inquestionada, da participação de Portugal na constr
Pág.Página 1273
Página 1274:
1274 II SÉRIE-A —NÚMERO 47 miliiar, o coordenador, ao nível do MDN, da equipa respons
Pág.Página 1274
Página 1275:
25 DE MARÇO DE 1999 1275 Os recrutamentos normal e especial são os recrutamentos que
Pág.Página 1275
Página 1276:
1276 II SÉRIE-A — NÚMERO 47 O «incentivo» decisivo é a remuneração que ocorre em ambi
Pág.Página 1276
Página 1277:
25 DE MARÇO DE 1999 1277 ção e foi assessorado pelos brigadeiros R. Dannatt e D. A. C
Pág.Página 1277
Página 1278:
1278 II SÉRIE-A —NÚMERO 47 militares, onde se filia a maior parte dos sindicalizados
Pág.Página 1278
Página 1279:
25 DE MARÇO DE 1999 1279 um mínimo de 4 e um máximo de 20 anos de permanência total n
Pág.Página 1279
Página 1280:
1280 II SÉRIE-A — NÚMERO 47 serviço militar e contribui para o aumento em flecha do n
Pág.Página 1280
Página 1281:
25 DE MARÇO DE 1999 1281 Oficiais, sargentos e praças (em percentagem) " VER DI
Pág.Página 1281
Página 1282:
1282 II SÉRIE-A —NÚMERO 47 nas fileiras, que serão preparados, com remuneração, nas f
Pág.Página 1282
Página 1283:
25 DE MARÇO DE 1999 1283 Em média, cerca de 70% de soldados e oficiais contratados pe
Pág.Página 1283
Página 1284:
1284 II SÉRIE-A — NÚMERO 47 litar e na aproximação às forças armadas através dos 1640
Pág.Página 1284
Página 1285:
25 DE MARÇO DE 1999 1285 passou de 12 700 postos de trabalho em 1990 para 3750 em 199
Pág.Página 1285
Página 1286:
1286 II SÉRIE-A — NÚMERO 47 De acordo com um estudo prospectivo para os próximos 20.a
Pág.Página 1286
Página 1287:
25 DE MARÇO DE 1999 1287 " VER DIÁRIO ORIGINAL " Reservas de mobilização
Pág.Página 1287
Página 1288:
1288 II SÉRIE-A — NÚMERO 47 O Partido Comunista Francês e o Partido Socialista pronun
Pág.Página 1288
Página 1289:
25 DE MARÇO DE 1999 1289 Outra forma poderá ser a de instruir militarmente jovens que
Pág.Página 1289
Página 1290:
1290 II SÉRIE-A — NÚMERO 47 " VER DIÁRIO ORIGINAL " Relatório e parecer
Pág.Página 1290