O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

0533 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002

 

de base e nos demais casos previstos no Capítulo IV.

Artigo 31.º
Proposta de lei

1 - A proposta de lei do Orçamento do Estado tem uma estrutura e um conteúdo formal idênticos aos da Lei do Orçamento.
2 - A proposta de lei do Orçamento é acompanhada pelos desenvolvimentos orçamentais, pelo respectivo relatório e pelos elementos informativos previstos na presente secção, bem como por todos os demais elementos necessários à justificação das decisões e das políticas orçamental e financeira apresentadas.
3 - Os elementos informativos a que se refere o número anterior podem ser apresentados sob a forma de anexos autónomos ou de elementos integrados no relatório que acompanham a proposta de lei.

Artigo 32.º
Desenvolvimentos orçamentais

1 - Os desenvolvimentos orçamentais que acompanham a proposta de lei do Orçamento do Estado compreendem:

a) O desenvolvimento das receitas e das despesas dos serviços integrados;
b) Os orçamentos dos serviços e fundos autónomos;
c) O orçamento da segurança social.

2 - O desenvolvimento das receitas dos serviços integrados integra um quadro de observações, que indicam, designadamente, as principais características de cada rubrica de receitas e as respectivas bases legais.
3 - Os desenvolvimentos das despesas dos serviços integrados organizam-se por Ministérios e apresentam as despesas de cada um dos respectivos serviços, especificadas, até aos níveis máximos de desagregação, de acordo com as classificações económica e funcional.
4 - O orçamento de cada serviço e fundo autónomo apresenta as respectivas receitas e despesas especificadas, até aos níveis máximos de desagregação, de acordo com as classificações económica e funcional.
5 - Nos casos em que se estruturem, total ou parcialmente, por programas, os desenvolvimentos orçamentais dos serviços integrados, o orçamento de cada serviço e fundo autónomo e o orçamento da segurança social evidenciam as despesas relativas aos projectos e acções que integram cada um dos programas e medidas a cargo da respectiva entidade gestora.

Artigo 33.º
Conteúdo do relatório

1 - O relatório da proposta de lei do Orçamento do Estado contém a apresentação e a justificação da política orçamental proposta.
2 - O relatório referido no número anterior inclui a análise dos principais elementos relativos aos seguintes aspectos:

a) Evolução e projecções dos principais agregados macro-económicos com influência no Orçamento do Estado;
b) Evolução da situação financeira do sector público administrativo e, em particular, do Estado, incluindo serviços integrados, serviços e fundos autónomos e sistema de solidariedade e segurança social;
c) Linhas gerais da política orçamental;
d) Adequação da política orçamental proposta às obrigações decorrentes do Tratado da União Europeia e da União Económica e Monetária;
e) Impacte orçamental das decisões relativas às políticas públicas;
f) Medidas de racionalização da gestão dos dinheiros e outros valores públicos;
g) Outras matérias relevantes para a apresentação e justificação das principais decisões e políticas orçamentais propostas.

Artigo 34.º
Elementos informativos

1 - A proposta de lei do Orçamento do Estado é acompanhada, pelo menos, pelos seguintes elementos informativos:

a) Indicadores financeiros de médio e longo prazos;
b) Programação financeira plurianual;
c) Memória descritiva das razões que justificam o recurso a parcerias dos sectores público e privado, face a um programa alternativo elaborado nos termos do n.º 2 do artigo 16.º;
d) Estimativa do orçamento consolidado do sector público administrativo, na óptica da contabilidade pública e na óptica da contabilidade nacional;
e) Memória descritiva das razões que justificam as diferenças entre os valores apurados, na óptica da contabilidade pública e na óptica da contabilidade nacional;
f) Orçamento consolidado dos serviços integrados e dos serviços e fundos autónomos e orçamento consolidado do Estado, incluindo o da segurança social;
g) Situação da dívida pública, das operações de tesouraria e das contas do Tesouro;
h) Situação financeira e patrimonial do subsector dos serviços integrados;
i) Situação financeira e patrimonial do subsector dos serviços e fundos autónomos;
j) Situação financeira e patrimonial do sistema de solidariedade e de segurança social;
l) Transferências financeiras entre Portugal e o exterior com incidência na proposta de orçamento;
m) Transferências orçamentais para as regiões autónomas;
n) Transferências orçamentais para os municípios e freguesias;
o) Transferências orçamentais para as empresas públicas e outras instituições não integradas no sector público administrativo;
p) Elementos informativos sobre os programas orçamentais;
q) Justificação das previsões das receitas fiscais, com discriminação da situação dos principais impostos;
r) Benefícios tributários, estimativas das receitas cessantes e sua justificação económica e social;

Páginas Relacionadas
Página 0523:
0523 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   Capítulo III Socie
Pág.Página 523
Página 0524:
0524 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   Deste modo, será possí
Pág.Página 524
Página 0525:
0525 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   Artigo 80.º Âmbito
Pág.Página 525
Página 0526:
0526 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   de uma situação orçame
Pág.Página 526
Página 0527:
0527 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   Anexo Republicação
Pág.Página 527
Página 0528:
0528 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   2 - A importância inte
Pág.Página 528
Página 0529:
0529 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   2 - As dotações, previ
Pág.Página 529
Página 0530:
0530 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   4 - O projecto ou acçã
Pág.Página 530
Página 0531:
0531 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   a aplicação da regra d
Pág.Página 531
Página 0532:
0532 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   h) A determinação do l
Pág.Página 532
Página 0534:
0534 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   s) Despesas cruzadas p
Pág.Página 534
Página 0535:
0535 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   especificam, de acordo
Pág.Página 535
Página 0536:
0536 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   integrados e dos orçam
Pág.Página 536
Página 0537:
0537 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   6 - As entradas e saíd
Pág.Página 537
Página 0538:
0538 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   5 - São da competência
Pág.Página 538
Página 0539:
0539 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   despesas a que se refe
Pág.Página 539
Página 0540:
0540 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   de Contas ou de relato
Pág.Página 540
Página 0541:
0541 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   Artigo 62.º Contro
Pág.Página 541
Página 0542:
0542 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   seguinte e, no caso de
Pág.Página 542
Página 0543:
0543 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   c) À conta do subsecto
Pág.Página 543
Página 0544:
0544 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   2 - A conta da Assembl
Pág.Página 544
Página 0545:
0545 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   3 - As medidas de esta
Pág.Página 545
Página 0546:
0546 | II Série A - Número 017 | 29 de Junho de 2002   constitucional e da su
Pág.Página 546