O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-A — NÚMERO 70

70

A presente lei entra em vigor 30 dias após a sua publicação.

Assembleia da República, 22 de janeiro de 2013.

As Deputadas e Deputados do Bloco de Esquerda: Luís Fazenda — Pedro Filipe Soares — Cecília Honório

— Ana Drago — Catarina Martins — Mariana Aiveca — Helena Pinto — João Semedo.

———

PROPOSTA DE LEI N.º 115/XII (2.ª)

(PROCEDE À PRIMEIRA ALTERAÇÃO À LEI DE ORGANIZAÇÃO, COMPETÊNCIA E

FUNCIONAMENTO DOS JULGADOS DE PAZ, APROVADA PELA LEI N.º 78/2011, DE 13 DE JULHO,

APERFEIÇOANDO ALGUNS ASPETOS DE ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS JULGADOS DE

PAZ)

Parecer da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias e nota técnica

elaborada pelos serviços de apoio

Parecer da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias

PARTE I – CONSIDERANDOS

1.1 – Nota introdutória

O Governo tomou a iniciativa de apresentar à Assembleia da República, em 30 de novembro de 2012, a

Proposta de Lei n.º 115/XII (2.ª) (GOV) que Procede à Primeira alteração à Lei de Organização, Competência

e Funcionamento dos Julgados de Paz, aprovada pela Lei n.º 78/2001, de 13 de julho, visando aperfeiçoar

alguns aspetos de organização e funcionamento dos julgados de paz.

Esta iniciativa legislativa cumpre os requisitos formais previstos no n.º 1 do artigo 119.º e no n.º 1 do artigo

124.º do Regimento da Assembleia da República, tendo sido admitida em 5 de dezembro de 2012.

Por despacho de Sua Excelência a Presidente da Assembleia da República, a iniciativa em apreço baixou à

Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, para emissão de parecer.

1.2 – Objeto, conteúdo e motivação das iniciativas

Motivação

O Governo apresentou à Assembleia da República a presente iniciativa legislativa visando “aperfeiçoar

certos aspetos da organização, da competência e do funcionamento dos julgados de paz”.

Considera o Proponente que a presente alteração ao regime jurídico dos julgados de paz se justifica tendo

em consideração os elementos obtidos e as conclusões formuladas no estudo de avaliação efetuado pelo

Ministério da Justiça por ocasião da celebração dos dez anos de vigência da Lei n.º 78/2001, de 13 de julho.

Salienta também o Governo, na exposição de motivos, que a proposta de Lei tem igualmente o propósito

de tornar definitivo “o projeto que ainda vem sendo tratado pela lei como projeto experimental”.

Regista-se ainda que a otimização do regime jurídico dos julgados de paz está inscrita entre as medidas

constantes do Programa de Assistência Financeira a Portugal [Memorando de Entendimento (MoU) para a

área da justiça].

Objeto

Páginas Relacionadas
Página 0052:
II SÉRIE-A — NÚMERO 70 52 Convém esclarecer que a disposição que impõ
Pág.Página 52
Página 0053:
23 DE JANEIRO DE 2013 53 Parecer da Comissão de Educação, Ciência e Cultura
Pág.Página 53
Página 0054:
II SÉRIE-A — NÚMERO 70 54 aprender juntos, na escola pública das suas
Pág.Página 54
Página 0055:
23 DE JANEIRO DE 2013 55 especialidade, no sentido de ser aditada uma norma que pre
Pág.Página 55
Página 0056:
II SÉRIE-A — NÚMERO 70 56 Elaborada por: Teresa Fernandes (DAC), Mari
Pág.Página 56
Página 0057:
23 DE JANEIRO DE 2013 57 Projeto de Lei n.º 324/XII (2.ª) Decreto-Lei n.º 3/2008 <
Pág.Página 57
Página 0058:
II SÉRIE-A — NÚMERO 70 58 entender que “as vicissitudes que afetem gl
Pág.Página 58
Página 0059:
23 DE JANEIRO DE 2013 59 A Lei n.º 21/2008, de 12 de maio (alterou o Decreto-Lei n.
Pág.Página 59
Página 0060:
II SÉRIE-A — NÚMERO 70 60 (“Procede à 11.ª alteração do Estatuto da C
Pág.Página 60
Página 0061:
23 DE JANEIRO DE 2013 61 AGÊNCIA EUROPEIA PARA O DESENVOLVIMENTO EM NECESSIDADES ED
Pág.Página 61
Página 0062:
II SÉRIE-A — NÚMERO 70 62 – Medidas para reduzir o abandono escolar p
Pág.Página 62
Página 0063:
23 DE JANEIRO DE 2013 63 tomar em conta a diversos níveis, com vista a proporcionar
Pág.Página 63
Página 0064:
II SÉRIE-A — NÚMERO 70 64 No que respeita a área de intervenção rela
Pág.Página 64
Página 0065:
23 DE JANEIRO DE 2013 65 especiais, escolarizados em Centros de Educação Especial.
Pág.Página 65
Página 0066:
II SÉRIE-A — NÚMERO 70 66 “(a) Que as pessoas com deficiência não sej
Pág.Página 66
Página 0067:
23 DE JANEIRO DE 2013 67  CRUP  CCISP  Associações académicas
Pág.Página 67