O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

21 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014

 Proposta de Lei n.º 231/XII (3.ª) – Prorroga o prazo de suspensão das disposições de instrumentos de regulamentação coletiva de trabalho e das cláusulas de contratos de trabalho a que se refere o n.º 4 do artigo 7.º da Lei n.º 23/2012, de 25 de junho

 Petições Consultada a base de dados do processo legislativo e da atividade parlamentar (PLC), verificou-se que não se encontram pendentes quaisquer petições sobre esta matéria.

V. Consultas e contributos

 Consultas obrigatórias Há lugar à consulta obrigatória das associações sindicais [artigo 56.º, n.º 2, alínea a), da CRP] e patronais e à promoção da apreciação pública nos termos dos artigos 469.º e seguintes do Código do Trabalho, que decorre (pelo período de 20 dias) de 7 a 27 de junho de 2014.

 Consultas facultativas Caso a Comissão assim o entenda, e em sede de eventual apreciação na especialidade, poderá ser suscitada a audição dos parceiros sociais com assento na Comissão Permanente de Concertação Social.

 Contributos de entidades que se pronunciaram Os contributos das entidades que se pronunciaram podem ser consultados no seguinte link. A respetiva lista final será posteriormente anexa à presente nota técnica.

VI. Apreciação das consequências da aprovação e dos previsíveis encargos com a sua aplicação

Em face dos elementos disponíveis, designadamente do articulado da proposta de lei e da respetiva exposição de motivos, não é possível avaliar as consequências da aprovação da presente iniciativa legislativa e eventuais encargos resultantes da sua aplicação.

———

PROPOSTA DE LEI N.º 231/XII (3.ª) (PRORROGA O PRAZO DE SUSPENSÃO DAS DISPOSIÇÕES DE INSTRUMENTOS DE REGULAMENTAÇÃO COLETIVA DE TRABALHO E DAS CLÁUSULAS DE CONTRATOS DE TRABALHO A QUE SE REFERE O N.º 4 DO ARTIGO 7.º DA LEI N.º 23/2012, DE 25 DE JUNHO)

Parecer da Comissão de Segurança Social e Trabalho e nota técnica elaborada pelos serviços de apoio

Parecer da Comissão de Segurança Social e Trabalho

ÍNDICE PARTE I – CONSIDERANDOS 1. Introdução 2. Objeto, motivação e conteúdo da iniciativa 3. Apreciação da conformidade dos requisitos formais, constitucionais e regimentais e do cumprimento da lei formulário.
4. Iniciativas legislativas e petições pendentes sobre a matéria PARTE II – OPINIÃO Da DEPUTADa AUTORa DO PARECER

Páginas Relacionadas
Página 0022:
22 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 PARTE III – CONCLUSÕES PARTE IV – ANEXO
Pág.Página 22
Página 0023:
23 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 Com efeito, e ainda no seguimento do re
Pág.Página 23
Página 0024:
24 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 disposições de instrumentos de regulame
Pág.Página 24
Página 0025:
25 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 apreciação pública, pelo prazo de 20 di
Pág.Página 25
Página 0026:
26 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 No entanto, para este efeito, procede à
Pág.Página 26
Página 0027:
27 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 condições para o aumento da produtivida
Pág.Página 27
Página 0028:
28 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 a inconstitucionalidade, com força obri
Pág.Página 28
Página 0029:
29 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 decorra a negociação, incluindo concili
Pág.Página 29
Página 0030:
30 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 acordo com a alínea a) do n.º 1 do arti
Pág.Página 30
Página 0031:
31 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 A questão da suspensão da convenção col
Pág.Página 31
Página 0032:
32 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 Terminado o período de consultas, se as
Pág.Página 32
Página 0033:
33 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 Para uma análise mais detalhada, veja-s
Pág.Página 33
Página 0034:
34 | II Série A - Número: 135 | 25 de Junho de 2014 O CCNL nunca tem eficácia ab-rogativa r
Pág.Página 34