O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-A — NÚMERO 24 12

As GOP em apreço consideram a avaliação das previsões para a economia de Portugal publicadas na

primavera de 2016 (relatório apenas disponível em inglês: Analysis by the Commission services of the

budgetary situation in Portugal following the adoption of the COUNCIL RECOMMENDATION to Portugal

on 21 June 2013 with a view to bringing an end to the situation of an excessive government deficit and

the COUNCIL DECISION of 12 July 2016 establishing that no effective action has been taken by Portugal

in response to the Council Recommendation of 21 June 201314), avaliação essa que acompanha a

Recomendação de DECISÃO DO CONSELHO que notifica Portugal no sentido de adotar medidas para

reduzir o défice para o nível considerado necessário para obviar à situação de défice excessivo15. Como

resultado dessas recomendações, o Governo apresentou o Programa Nacional de Reformas 2016-201916, o

qual pretende responder aos bloqueios estruturais identificados pela Comissão.

A acompanhar a proposta de orçamento submetida à Comissão Europeia, Portugal deve ainda apresentar

um Relatório de Ação Efetiva onde concretiza as medidas previstas para redução do défice. A Comissão

pronuncia-se sobre a proposta apresentada, classifica-a como adequada, insuficiente ou solicita informação

adicional. O desenvolvimento deste situação é tornado público ao abrigo do Regulamento (UE) n.º 473/2013

do Parlamento Europeu e do Conselho, de 21 de maio de 2013, que estabelece disposições comuns para

o acompanhamento e a avaliação dos projetos de planos orçamentais e para a correção do défice

excessivo dos Estados-membros da área do euro17 e pode ser acompanhado todos os anos em:

http://ec.europa.eu/economy_finance/economic_governance/sgp/budgetary_plans/index_en.htm18

 Enquadramento internacional

Países europeus

A legislação comparada é apresentada para os seguintes países da Europa: Espanha e Itália.

ESPANHA

Em Espanha não há obrigatoriedade de apresentar uma iniciativa legislativa similar à das Grandes Opções

do Plano. O ordenamento jurídico consagra apenas o Orçamento do Estado e o Programa de Estabilidade e

Crescimento.

O Programa de Estabilidad 2015-2018 e o Programa Nacional de Reformas foram apresentados em 30 de

abril de 2015. Já o Orçamento do Estado para o ano de 2016 foi aprovado pela Ley 48/2015, de 29 de octubre,

de Presupuestos Generales del Estado para el año 2016.

Sobre esta matéria, pode ainda ser consultado o sítio da Secretaría de Estado de Presupuestos y Gastos.

ITÁLIA

Em Itália não há uma iniciativa legislativa idêntica às Grandes Opções do Plano. Todavia, o Governo aprova

e entrega, até 30 de junho, o Documento Di Economia E Finanza (DPEF), iniciativa similar, e que é apresentado

no ciclo do processo de discussão do Orçamento. Este é discutido e aprovado depois nas duas câmaras, em

julho, antes da entrada das propostas de lei do orçamento e financeira.

O DPEF, criado pela Legge n. 362 del 1988, que veio modificar o artigo 3.º da Legge n. 468 del 1978, define

o quadro macroeconómico previsível e programático de médio prazo e a proposta de finanças públicas

necessária para o alcance dos objetivos fixados pelo Governo para o período compreendido no balanço

plurianual.

Nesta ligação, acede-se ao DPEF de 2016 e à respetiva análise.

14 SWD(2016)0264 - http://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/ALL/?uri=CELEX:52016SC0264&qid=1477574950621 15 COM(2016)0520 - http://www.ipex.eu/IPEXL-WEB/dossier/document/COM20160520.do (em escrutínio) 16 http://www.portugal.gov.pt/pt/pm/documentos/20160421-pm-pnr-pe.aspx 17 JO L 140 de 27.5.2013 – http://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/ALL/?uri=CELEX:32013R0473 18 Para 2017 houve um pedido de esclarecimento da Comissão a Portugal em 25 de outubro: http://ec.europa.eu/economy_finance/economic_governance/sgp/pdf/dbp/2017/dbp_2017_-_vd-pm_letter_to_portugal-_final.pdf. A resposta do Governo de Portugal foi submetida em 27 de outubro: http://ec.europa.eu/economy_finance/economic_governance/sgp/pdf/dbp/2017/dbp_2017_reply_portugal.pdf

Páginas Relacionadas
Página 0014:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 14 COMISSÃO DE ASSUNTOS CONSTITUCIONAIS, DIREITOS, LIBERDADE
Pág.Página 14
Página 0015:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 15  Melhoria da gestão do sistema judicial e descongestionam
Pág.Página 15
Página 0016:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 16 Em matéria de prevenção e combate à criminalidade,
Pág.Página 16
Página 0017:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 17 Cumpre dizer, contudo, que a proposta de lei de Orçamento
Pág.Página 17
Página 0018:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 18 Unidade: Euros ORÇAMENTO GERAL Designaçã
Pág.Página 18
Página 0019:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 19 I c) 3.2. Gestão Administrativa e Financeira do Ministério
Pág.Página 19
Página 0020:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 20 Unidade: Euros Órgãos e Serviços do Sistema Jud
Pág.Página 20
Página 0021:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 21 I c) 3.5. Investimentos (Capítulo 50) Relati
Pág.Página 21
Página 0022:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 22 Unidade: Euros 2016 2017 VARIAÇÃO
Pág.Página 22
Página 0023:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 23 Refere o relatório que acompanha o OE 2017, que “O elevado
Pág.Página 23
Página 0024:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 24 I c) 7. Despesa por medidas dos programas De acord
Pág.Página 24
Página 0025:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 25 Tribunal de Contas - secção regional dos 1.291.706 1.334.2
Pág.Página 25
Página 0026:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 26  Artigo 211.º (Alteração do Regulamento das Custas Proce
Pág.Página 26
Página 0027:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 27 PARTE IV – ANEXOS Anexa-se, qu
Pág.Página 27
Página 0028:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 28 À Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberda
Pág.Página 28
Página 0029:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 29 Neste âmbito propõe-se: a libertação do maior númer
Pág.Página 29
Página 0030:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 30  Simplificação do processo contraordenacional, através d
Pág.Página 30
Página 0031:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 31  Artigo 84.º (Interconexão de dados no âmbito das contrao
Pág.Página 31
Página 0032:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 32 O acréscimo de 2,0% da despesa do subsector Estado result
Pág.Página 32
Página 0033:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 33  Desenvolvimentos orçamentais (Fonte: Mapas OE-12
Pág.Página 33
Página 0034:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 34 1. O Governo apresentou à Assembleia da República,
Pág.Página 34
Página 0035:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 35 PARECER SECTORIAL – ÁREA DA IGUALDADE E NÃO DISCRIMINAÇÃO
Pág.Página 35
Página 0036:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 36 – Prosseguir o debate com os parceiros sociais de modo a
Pág.Página 36
Página 0037:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 37 2. Proposta de Orçamento – Desenvolvimentos orçamen
Pág.Página 37
Página 0038:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 38 Por fim, no que respeita à promoção da igualdade no traba
Pág.Página 38
Página 0039:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 39 Artigo 211.º Alteração ao Regulamento das Custas Pr
Pág.Página 39
Página 0040:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 40 4. Nas Grandes Opções do Plano, na área da Igualdade e Nã
Pág.Página 40