O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

3 DE NOVEMBRO DE 2016 17

Cumpre dizer, contudo, que a proposta de lei de Orçamento do Estado foi apresentada à Assembleia da

República sem a estimativa de execução para as receitas e despesas de 2016 em contabilidade pública. Aliás,

no seu relatório sobre a Proposta de Lei n.º 37/XIII (2.ª), de facto, a UTAO realçou que “a opção seguida na

elaboração do Orçamento do Estado para 2017 foi a de colocar como referência de base para 2016 os dados

orçamentados no Orçamento do Estado para 2016, aprovados em Março, em vez da melhor estimativa, à data

atual, para a execução orçamental a verificar no final do ano”.

I c) 1. Total da despesa consolidada

Conforme decorre do relatório que acompanha o OE 2016, o total da despesa consolidada do Programa

Orçamental da Justiça “é de 1.313,3 milhões de euros, o que corresponde a um decréscimo de 3,9% face ao

orçamento ajustado para 2016”19.

(Quadro retirado do relatório que acompanha o OE 2017)

Segundo o mesmo relatório, o decréscimo de 6,4% na despesa do subsector Estado fica a dever-se “a

transição da Magistratura Judicial para os Encargos Gerais do Estado, representando menos 100,5 milhões de

euros no orçamento de receita geral”.

O acréscimo na despesa afeta a projetos – mais 91,8% -, por seu lado, fica a dever-se “aos projetos “Tribunal

+” e “SIGAJ –Sistema Integrado de Gestão da Administração Judiciária”, bem como aos “projetos de

remodelação e conservação das instalações prisionais e da modernização dos sistemas de informação,

comunicação e tecnologias de segurança”.

I c) 2. Orçamento geral

Da análise dos mapas anexos à Proposta de Lei n.º 37/XIII (2.ª), verificamos que o orçamento geral do

Ministério da Justiça sofre um decréscimo de 4,3% face ao orçamentado em 2016, conforme infra se discrimina:

19 Contrariamente ao habitual, o total da despesa consolidada para 2017 é comparada com o orçamento ajustado (ou seja, líquido de cativos) para o ano anterior, em vez de ser comparada com a execução provisória do ano anterior.

Páginas Relacionadas
Página 0014:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 14 COMISSÃO DE ASSUNTOS CONSTITUCIONAIS, DIREITOS, LIBERDADE
Pág.Página 14
Página 0015:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 15  Melhoria da gestão do sistema judicial e descongestionam
Pág.Página 15
Página 0016:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 16 Em matéria de prevenção e combate à criminalidade,
Pág.Página 16
Página 0018:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 18 Unidade: Euros ORÇAMENTO GERAL Designaçã
Pág.Página 18
Página 0019:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 19 I c) 3.2. Gestão Administrativa e Financeira do Ministério
Pág.Página 19
Página 0020:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 20 Unidade: Euros Órgãos e Serviços do Sistema Jud
Pág.Página 20
Página 0021:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 21 I c) 3.5. Investimentos (Capítulo 50) Relati
Pág.Página 21
Página 0022:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 22 Unidade: Euros 2016 2017 VARIAÇÃO
Pág.Página 22
Página 0023:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 23 Refere o relatório que acompanha o OE 2017, que “O elevado
Pág.Página 23
Página 0024:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 24 I c) 7. Despesa por medidas dos programas De acord
Pág.Página 24
Página 0025:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 25 Tribunal de Contas - secção regional dos 1.291.706 1.334.2
Pág.Página 25
Página 0026:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 26  Artigo 211.º (Alteração do Regulamento das Custas Proce
Pág.Página 26
Página 0027:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 27 PARTE IV – ANEXOS Anexa-se, qu
Pág.Página 27
Página 0028:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 28 À Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberda
Pág.Página 28
Página 0029:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 29 Neste âmbito propõe-se: a libertação do maior númer
Pág.Página 29
Página 0030:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 30  Simplificação do processo contraordenacional, através d
Pág.Página 30
Página 0031:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 31  Artigo 84.º (Interconexão de dados no âmbito das contrao
Pág.Página 31
Página 0032:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 32 O acréscimo de 2,0% da despesa do subsector Estado result
Pág.Página 32
Página 0033:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 33  Desenvolvimentos orçamentais (Fonte: Mapas OE-12
Pág.Página 33
Página 0034:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 34 1. O Governo apresentou à Assembleia da República,
Pág.Página 34
Página 0035:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 35 PARECER SECTORIAL – ÁREA DA IGUALDADE E NÃO DISCRIMINAÇÃO
Pág.Página 35
Página 0036:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 36 – Prosseguir o debate com os parceiros sociais de modo a
Pág.Página 36
Página 0037:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 37 2. Proposta de Orçamento – Desenvolvimentos orçamen
Pág.Página 37
Página 0038:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 38 Por fim, no que respeita à promoção da igualdade no traba
Pág.Página 38
Página 0039:
3 DE NOVEMBRO DE 2016 39 Artigo 211.º Alteração ao Regulamento das Custas Pr
Pág.Página 39
Página 0040:
II SÉRIE-A — NÚMERO 24 40 4. Nas Grandes Opções do Plano, na área da Igualdade e Nã
Pág.Página 40