O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

Por entender que o precedente agora aberto assume especial gravidade quanto ao âmbito, alcance e

implicações futuras, por defender que não cabe a um órgão como CES, dada a sua composição,

debruçar-se sobre a substância da relação entre os trabalhadores e o empregador público, a CGTP-IN

vota contra o Parecer do CES ao Orçamento do Estado para 2018.

Lisboa, 6 de novembro de 2017

Os representantes da CGTP-IN

II SÉRIE-A — NÚMERO 22______________________________________________________________________________________________________________

538

A DIVISÃO DE REDAÇÃO E APOIO AUDIOVISUAL.

Páginas Relacionadas
Página 0063:
2 DE NOVEMBRO DE 2017 362 COMISSÃO DE DEFESA NACIONAL Parecer
Pág.Página 63
Página 0064:
II SÉRIE-A — NÚMERO 22 64  Dinamizar a componente externa da
Pág.Página 64
Página 0065:
2 DE NOVEMBRO DE 2017 362 Fonte: Relatório OE 2018 p. 100 De a
Pág.Página 65
Página 0066:
II SÉRIE-A — NÚMERO 22 66 Salienta o Relatório que na despesa
Pág.Página 66
Página 0067:
2 DE NOVEMBRO DE 2017 362 Fonte: Relatório OE 2018 p. 103
Pág.Página 67
Página 0068:
II SÉRIE-A — NÚMERO 22 68 PARTE II – OPINIÃO DO DEPUTADO AUTOR
Pág.Página 68