O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

11 DE DEZEMBRO DE 2019

147

– Projeto de Lei n.º 353/XIII/2.ª (PAN) – Afirma a necessidade de regulação urgente das responsabilidades

parentais em situações de violência doméstica;

– Projeto de Lei n.º 345/XIII/2.ª (PS) – Promove a regulação urgente das responsabilidades parentais e a

atribuição de alimentos em situações de violência doméstica e de aplicação de medidas de coação ou de pena

acessória que impliquem afastamento entre progenitores;

– Projeto de Resolução n.º 784/XIII/2.ª (PS) – Recomenda ao Governo que elimina as discriminações

existentes em sede de IRS referentes ao exercício das responsabilidades parentais;

– Projeto de Resolução n.º 558/XIII/2.ª (PAN) – Recomenda ao Governo a avaliação do desempenho do

apoio judiciário no âmbito dos crimes de violência doméstica e regulação das responsabilidades parentais e que

proceda a verificação da necessidade de criação de uma equipa multidisciplinar que dê apoio ao sistema

judiciário;

– Projeto de Lei n.º 149/XIII/1.ª (PS) – Regulação das responsabilidades parentais por mútuo acordo junto

das Conservatórias do Registo Civil em caso de dissolução de uniões de facto e casos similares;

Consultada a base de dados da Atividade Parlamentar, na XIII Legislatura foi registada a seguinte petição,

incidindo sobre a mesma matéria:

Petição n.º 530/XIII/3 – «Solicitam alteração legislativa com vista a estabelecer a presunção jurídica da

residência alternada para crianças com pais separados». O relatório final da mesma foi enviado ao PAR em 20

de março de 2019.

III. Apreciação dos requisitos formais

 Conformidade com os requisitos constitucionais, regimentais e formais

A presente iniciativa é subscrita pelos 19 Deputados do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda (BE), ao

abrigo do disposto no n.º 1 do artigo 167.º da Constituição e no artigo 118.º do Regimento da Assembleia da

República (RAR), que consagram o poder de iniciativa da lei. Trata-se de um poder dos Deputados, nos termos

da alínea b) do artigo 156.º da Constituição e da alínea b) do n.º 1 do artigo 4.º do RAR.

Assume a forma de projeto de lei, em conformidade com o disposto no n.º 1 do artigo 119.º do RAR, encontra-

se redigido sob a forma de artigos, é precedido de uma breve exposição de motivos e tem uma designação que

traduz sinteticamente o seu objeto principal, dando assim cumprimento aos requisitos formais estabelecidos no

n.º 1 do artigo 124.º do RAR.

De igual modo encontram-se respeitados os limites à admissão das iniciativas, previstos no n.º 1 do artigo

120.º do RAR, e, não introduzindo qualquer alteração em matéria de aumento de despesas ou diminuição de

receitas no ano económico em curso, não contende com o princípio da «Lei-travão», previsto no n.º 2 do artigo

120.º do Regimento e n.º 3 do artigo 167.º da Constituição. Assim, este Projeto de Lei parece não infringir

princípios constitucionais e define concretamente o sentido das modificações a introduzir na ordem legislativa.

Deu entrada a 22 de novembro 2019, tendo sido admitida em 28 de novembro, e baixou, na generalidade, à

Comissão de Assuntos Constitucionais Direitos Liberdades e Garantias. Foi anunciada nesse mesmo dia,

encontrando-se agendada para a Reunião Plenária do dia 11 de dezembro, conjuntamente com outras iniciativas

de natureza análoga.

 Verificação do cumprimento da lei formulário

A Lei n.º 74/98, de 11 de novembro, alterada e republicada pela Lei n.º 43/2014, de 11 de julho, de ora em

diante designada como lei formulário, contém um conjunto de normas sobre a publicação, identificação e

formulário dos diplomas que são relevantes em caso de aprovação da presente iniciativa.

A presente iniciativa procede à alteração do artigo 1906.º do Código.

O Código Civil, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 47 344, de 25 de novembro de 1966, aprovado pelo Decreto-

Lei n.º 47 344, de 25 de novembro de 1966, sofreu já inúmeras alterações introduzidas pelos Decretos-Leis n.os

67/75, de 19 de fevereiro, 261/75, de 27 de maio, 561/76, de 17 de julho, 605/76, de 24 de julho, 293/77, de 20

de julho, 496/77, de 25 de novembro, 200-C/80, de 24 de junho, 236/80, de 18 de julho, 328/81, de 4 de

dezembro, 262/83, de 16 de junho, 225/84, de 6 de julho, e 190/85, de 24 de junho, pela Lei n.º 46/85, de 20 de

Páginas Relacionadas
Página 0151:
11 DE DEZEMBRO DE 2019 151 progenitores, dialogando com as normas constitucionais p
Pág.Página 151
Página 0152:
II SÉRIE-A — NÚMERO 28 152 Parecer PARTE
Pág.Página 152
Página 0153:
11 DE DEZEMBRO DE 2019 153 b) ....................................................
Pág.Página 153
Página 0154:
II SÉRIE-A — NÚMERO 28 154 «Artigo 4.º Cidadania portug
Pág.Página 154
Página 0155:
11 DE DEZEMBRO DE 2019 155 Num outro ângulo, embora seja competência do legislador
Pág.Página 155
Página 0156:
II SÉRIE-A — NÚMERO 28 156 pai for apátrida, de nacionalidade desconh
Pág.Página 156
Página 0157:
11 DE DEZEMBRO DE 2019 157 estrangeiros que tenham prestado ou sejam chamados a pre
Pág.Página 157
Página 0158:
II SÉRIE-A — NÚMERO 28 158 I. d) Iniciativas pendentes
Pág.Página 158
Página 0159:
11 DE DEZEMBRO DE 2019 159 Palácio de São Bento, 9 de dezembro de 2019. A De
Pág.Página 159
Página 0160:
II SÉRIE-A — NÚMERO 28 160 Consideram os proponentes que, apesar do r
Pág.Página 160
Página 0161:
11 DE DEZEMBRO DE 2019 161 Lei da Nacionalidade Projeto de Lei n.º 117/XIV/1.ª
Pág.Página 161
Página 0162:
II SÉRIE-A — NÚMERO 28 162 Lei da Nacionalidade Projeto de Lei n.º 11
Pág.Página 162
Página 0163:
11 DE DEZEMBRO DE 2019 163 é direcionado para os nascidos nos então territórios ult
Pág.Página 163
Página 0164:
II SÉRIE-A — NÚMERO 28 164 alteração à Lei n.º 37/81, de 3 de outubro
Pág.Página 164
Página 0165:
11 DE DEZEMBRO DE 2019 165 sinteticamente o seu objeto principal, dando assim cumpr
Pág.Página 165
Página 0166:
II SÉRIE-A — NÚMERO 28 166 Tratando-se materialmente de uma lei orgân
Pág.Página 166
Página 0167:
11 DE DEZEMBRO DE 2019 167 alínea a)]. Em todos os casos de naturalização por resid
Pág.Página 167
Página 0168:
II SÉRIE-A — NÚMERO 28 168 Sem prejuízo de uma análise mais detalhada
Pág.Página 168