O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

II SÉRIE-B — NÚMERO 10

2

PETIÇÃO N.º 469/XIII/3.ª

(POR UM MELHOR SERVIÇO PÚBLICO, REIVINDICANDO RENOVAÇÃO E REFORÇO DA FROTA

TRANSTEJO/SOFLUSA)

Relatório da Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas

Índice

I. Nota Prévia

II. Objeto da Petição

III. Análise da Petição

IV. Diligências Efetuadas

1. Audição dos Peticionários

2. Audição das Organizações Representativas dos Trabalhadores

3. Audição pública com utentes na Estação Fluvial do Cais do Sodré

4. Audição da Administração da Transtejo e Soflusa

5. Audição da Autoridade da Mobilidade e Transportes

6. Pedido de informação atualizada à Administração

V. Conclusões e Parecer

I – Nota Prévia

A Petição n.º 469/XIII/3.ª tem como primeiro peticionário a Comissão de Utentes dos Transportes do Seixal,

conta com 4678 assinaturas, e deu entrada na Assembleia da República em 8 de fevereiro de 2018,

endereçada ao Presidente da Assembleia da República, e baixou à Comissão Parlamentar de Economia,

Inovação e Obras Públicas a 14 de fevereiro para apreciação sendo atribuída a elaboração do respetivo

relatório ao Deputado signatário.

II – Objeto da Petição

Nesta petição os subscritores recordam que:

 “Os utentes do transporte fluvial Seixal/Lisboa e Montijo/Lisboa têm-se confrontado com a supressão

constante de carreiras e redução de horários.”;

 “Apesar do anúncio de 10 milhões de euros para a recuperação da frota em 2017, a verba foi

manifestamente insuficiente fruto do desinvestimento verificado nos últimos anos.”.

Os peticionantes enquadram este pedido:

 “Pela necessidade do transporte público fluvial com qualidade, eficiente e seguro os utentes exigem um

conjunto de medidas que respondam às necessidades de repor a qualidade do serviço de transporte

fluvial, assim como uma política de mobilidade que aposte no transporte regular com horários alargados.”;

 Considerando “determinante para a resolução desta problemática a alocação de verbas para reparação e

renovação da frota assim como das infraestruturas de acostagem.”.

Nesta sequência, os peticionantes apresentaram o seupedido para que se proceda “às diligências

necessárias à discussão da temática supracitada.”

Páginas Relacionadas
Página 0003:
9 DE NOVEMBRO DE 2018 3 III – Análise da Petição A presente pe
Pág.Página 3
Página 0004:
II SÉRIE-B — NÚMERO 10 4 – perguntou desde quando existe redução da o
Pág.Página 4
Página 0005:
9 DE NOVEMBRO DE 2018 5 Lopes: SIMAMEVIP – Sindicato dos Trabalhadores da Marinha M
Pág.Página 5
Página 0006:
II SÉRIE-B — NÚMERO 10 6 – Classificou de má gestão a alienação sem c
Pág.Página 6
Página 0007:
9 DE NOVEMBRO DE 2018 7 1080 dias – servia para retirar peças). Em 1992, entram ao
Pág.Página 7
Página 0008:
II SÉRIE-B — NÚMERO 10 8  Paulo Taborda/Montijo: – Saudou ini
Pág.Página 8
Página 0009:
9 DE NOVEMBRO DE 2018 9  Andreia Duarte/Barreiro: – precisam de saber o que
Pág.Página 9
Página 0010:
II SÉRIE-B — NÚMERO 10 10 – Governo remete muitos problemas para 2020
Pág.Página 10
Página 0011:
9 DE NOVEMBRO DE 2018 11 – audição Ministro do Ambiente a 5 abril (realizada na CEI
Pág.Página 11
Página 0012:
II SÉRIE-B — NÚMERO 10 12 O Relator Bruno Dias (PCP) enquadrou a audi
Pág.Página 12
Página 0013:
9 DE NOVEMBRO DE 2018 13  Relator Bruno Dias (PCP) perguntou sobre: – ligaç
Pág.Página 13
Página 0014:
II SÉRIE-B — NÚMERO 10 14 <
Pág.Página 14
Página 0015:
9 DE NOVEMBRO DE 2018 15 Entre os procedimentos em curso e os já realizados,
Pág.Página 15
Página 0016:
II SÉRIE-B — NÚMERO 10 16 Diário da Assembleia da República, sendo re
Pág.Página 16