O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

12

DIARIO DA CAMARA DOS SENHORES DEPUTADOS

Circulo 137 — Lagos

Numero dos votantes 3:351, que todos votaram no cidadão Caetano Augusto de Sousa Carvalho, o qual apresentou o seu diploma.

Circulo n.º 138 - Cabo Verde (Sotavento)

Numero dos votantes 2:120, que votaram todos no cidadão Joaquim José Gonçalves de Matos Correia, que apresentou diploma.

A vossa terceira commissão de verificação de poderes é de parecer, em vista do exame que fez dos referidos processos, que as eleições a que os mesmos respeitam sejam approvadas, e sejam proclamados deputados os cidadãos acima ditos, e que nas mesmas obtiveram a maioria absoluta de votos.

Sala das sessões da terceira commissão de verificação de poderes, 7 de janeiro de 18719. — Francisco Antonio Pinheiro da Fonseca Osorio = Antonio Pessoa de Barros e Sá, secretario = Francisco Gomes Teixeira = Frederico de Gusmão Correia Arouca = Augusto José Pereira Leite = Tem voto do sr. Moreira Freire = Visconde do Rio Sado, relator.

Approvado sem discussão.

Parecer

Senhores. — A vossa primeira commissão de verificação de poderes, no desempenho da missão de que foi encarregada, examinou com a mais escrupulosa attenção os processos eleitoraes, relativas aos circulos n.°s 17, Montalegre; 18, Chaves; 19 Valle Passos; 20, Villa Pouca de Aguiar; 21, Alijó; 22, Sabrosa; 23, Villa Real; 24, Peso da Regua; 49, Anadia; e 50, Cantanhede; e tem a honra de submetter á vossa apreciação o seguinte parecer:

Circulo n.º 17 — Montalegre

«Ver diario original»

Circulo n.º 18 — Chaves

«Ver diario original»

Circulo n.º 20 Villa Pouca de Aguiar

«Ver diario original»

Circulo n.º 21 — Alijó

«Ver diario original»

Circulo n.º 22 — Sabrosa

«Ver diario original»

Circulo n.º 23 — Villa Real

«Ver diario original»

Comparado o numero das listas que deram entrada na urna com o resultado da votação encontra-se 1 voto a mais, que não póde influir no resultado da eleição.

Circulo n.º 24 — Peso da Regua

«Ver diario original»

Circulo n.º 49. — Anadia

«Ver diario original»

Circulo n.º 50 — Cantanhede

Entraram na urna nas differentes assembléas de que se compõe o circulo..............1:182 votos

Que todos recaíram no cidadão bacharel José Luiz Ferreira Freire.

Attendendo a que em todas as assembléas eleitoraes, de que estes circulos se compõe, o acto eleitoral correu com a maxima regularidade;

Attendendo a que não houve protestos nem reclamações;

Attendendo a que os cidadãos mais votados obtiveram a maioria absoluta dos votos;

Attendendo a que todos os cidadãos eleitos apresentaram os seus diplomas em fórma legal, á excepção do cidadão José Luiz Ferreira Freire, que não apresentou ainda o seu diploma;

A vossa commissão é de parecer que devem ser proclamados deputados os cidadãos seguintes:

Pelo circulo n.º 17, Montalegre, Antonio José do Barros e Sá; pelo circulo n.º 18, Ignacio Francisco Silveira da Mota; pelo circulo n.º 19, Diogo de Macedo; pelo circulo n.º 20, Antonio José d'Avila Junior; pelo circulo n.º 21, Visconde da Arriaga; pelo circulo n.º 22, Lopo Vaz de Sampaio e Mello; pelo circulo n.º 23, José Paulino do Sá Carneiro; pelo circulo n.º 24, Lourenço Antonio de Carvalho; pelo circulo n.º 49, José Luciano de Castro; sendo tambem proclamado deputado pelo circulo n.º 50, o bacharel José Luiz Ferreira Freire logo que apresente o seu diploma em fórma legal.

Sala da primeira commissão de verificação do poderes, 7 de janeiro de 1879. Visconde de Sieuve de Menezes = Bernardo de Serpa Pimentel = José Maria Borges = Luiz de Lencastre = A. Telles de Vasconcellos = Manuel Correia de Oliveira = Agostinho José da Fonseca Pinto, relator.

Foi approvado sem discussão este parecer, exceptuando a parte relativa á eleição do circulo n.º 23, em consequencia do protesto apresentado pelo sr. deputado eleito Mariano de Carvalho.

Parecer

Senhores. — A vossa segunda commissão de verificação do poderes, havendo examinado os processos eleitoraes dos circulos n.ºs 65 (Sinfães), 85 (Alcobaça), 86 (Caldas da Rainha), 93 (Olivaes) e 99 (Almada) reconheceu que em todos estes circulos correu o acto eleitoral com regularidade, não havendo protesto nem reclamação alguma.

Circulo n.º 65 — Sinfães Votaram 5:288 eleitores, recaíndo todos os votos no ci-