O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

1526

DIARIO DA CAMARA DOS SENHORES DEPUTADOS

Assim, se o Brazil quizesse ou podesse substituir por inetal á sua, moeda fraca, de corto não havia de pagar a peso o papei que retirasse da circulação.

Mas ao mesmo tempo que respeitámos os direitos dos particulares, devemos tomar todas as cautelas para que a perda resultante da conversão seja a menor possivel. A providencia que indiquei e que já não é nova entre nós, é a que me parece mais conveniente, e não deve demorar-se.

Não é rasoavel, como já disse, que estando nós a privar-nos do lucro que o thesouro poderia colher da cunhagem da prata, concedamos a nações estrangeiras o direito de enviar para o territorio portuguez a sua moeda por um valor multo superior ao que lhe corresponde.

Ao carimbar a moeda existente, vão-se tomando notada que ha, e quando estivermos habilitados para a conversão, já sabemos o maximo prejuizo que temos de soffrer, e então podemos legislar com perfeito conhecimento de causa.

Posto a votos o capitulo 7.° foi approvado.

Capitulo 8.° — Repartições de fazenda dos districtos e dos concelhos.............. 654:900$000

O sr. Mariano de Carvalho: — Peço a palavra. Vozes: — Deu a hora.

O sr. Presidente: — Tem a palavra o sr. Mariano de Carvalho.

O sr. Mariano de Carvalho: — Ouço dizer que deu a hora, e então peço a v. ex.ª que me reserve a palavra para a sessão seguinte.

O sr. Presidente: — A ordem para a sessão da noite é a continuação da que estava dada, começando-se pelo projecto relativo ao fabrico da polvora.

Está levantada a sessão.

Eram cinco e um quarto horas da tarde.

RECTIFICAÇAO

Na sessão nocturna de 28 de abril de 1879, pag. 1:437, col. 2.», lin. 43, (indo se 10 = Efficancia = deve ler-se — efficancia. Pag. 1:438, col. 1, lin. 5, onde se lê = estudar = deve ler-se =• auxiliar. Pag. 1:438, col. 1.º, lin. 10, onde se lê = por isso nem — deve ler-se == por isso mesmo.

(falta texto)