O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

APPENDICE A SESSÃO DE 19 DE JUNHO DE 1888 2098-C

resses e pelos melhoramentos, systematicamente preteridos, do nosso circulo. (Apoiados.)

Nem por isso, comtudo, o governo se apressou em acudir-lhe com a efficacia e a energia necessarias. Foi infelizmente preciso que os povos, empregando o argumento supremo da força, com o seu lugubre cortejo de episodios nefastos, viessem pôr mais ao vivo na lembrança e no animo d'aquelles senhores o que nós outros com as nossas palavras por tantas vezes lhes evocáramos!

'essa occasião, quando a revolta grassava na Madeira, eu, na qualidade e com o direito que me assiste n'este logar, pedi a palavra no final de uma sessão, se bem me lembro, no momento em que alguns membros da opposição exigiam ao governo strictas contas do seu procedimento em face dos tumultos e dos acontecimentos gravíssimos, que o correio e o telegrapho nos communicaram do Funchal; e pedi-a, não para discutir a questão no mesmo campo em que os meus illustres correligionários a haviam posto, por isso que as responsabilidades muito singulares que sobre mim impendiam n'essa discussão me traçavam o caminho que eu indeclinavelmente tinha a seguir, com o qual se não compadecia outra norma que não fosse a de collocar a questão no seu terreno fundamental e economico.

Não pareça que eu, com isto, ouso irrogar a mais ligeira censura aos meus amigos políticos, por haverem encarado a questão debaixo de outro ponto de vista. Longe de mim similhante idéa.

Muito ao contrario, acho que fizeram muito bem; digo mais, fizeram o seu rigoroso dever de opposição, porque é missão incontestada das opposições pôrem a questão politica aos governos, em qualquer assumpto que a comporte, e que traga difficuldades á situação.

Pugnam pela existencia propria, e, pondo em risco a dos adversarios, dispertam n'estes a energia e a emulação, que incitam á pratica dos melhores processos de acção. (Apoiados.)

Á minha posição especial e melindrosa, em face dos funestos successos, que enlutavam a terra, que eu represento n'esta camara, é que se não coadunava, porém a mesma atitude; e, pois, que a origem d'esses extranhos successos era, em ultima analyse, a miseria e a fome do povo madeirense, era meu dever indeclinavel arredar para longe a parte política da questão, e circumscrever-me rigorosamente ao lado mais serio e ponderoso d'ella; porque só da discussão e consideração d'esse lado da questão é que se poderia esperar algum alivio para a situação deploravel e angustiosa dos meus constituintes, que era a unica cousa a que eu na occasião podia attender. (Apoiados.)

O meu intuito era, pois, de intimar solemnemente o governo a que désse emfim áquelles desgraçados povos a completa, embora tardia reparação, que a grandeza dos seus revezes, e o iniquo abandono a que, até á ultima extremidade, haviam sido votados, justissimamente solicitavam.

Mas não cheguei a usar da palavra, que pedira, porque, como tivesse dado a hora, e sob consulta da camara, o sr. presidente levantou a sessão, não obstante os vivos protestos que se fizeram ouvir d'este lado da sala.

Foi n'essa mesma tarde que eu recebi da presidencia do conselho um convite para comparecer, no dia seguinte, a uma reunião, que se devia effectuar no ministerio do reino, com o fim de accordarmos, o governo e todos os representantes officiaes e officiosos da Madeira, nos meios mais idoneos a empregar para a resolução favoravel e prompta da questão que tantas preoccupações estava suscitando.

O que n'essa conferencia se passou, sr. presidente, e que para logo foi do conhecimento publico, rejubilou-me sobre modo; nem outra impressão poderia despertar em quem se sentisse sinceramente magoado e confrangido com as desgraças de uma terra amiga, e em quem, por igual desejasse a effectiva attenuação d'essas desgraças. (Apoiados.)

a mais absoluta abstenção do divergencias de facção, ninguem houve ahi que visasse a outro objecto, que não fosse o exame reflectido da questão, e a discussão sizuda e desinteressada dos differentes alvitres, que ella suggeria.

Por isso o resultado foi tão satisfactorio e tão fertil de salutares resoluções, as quaes, transmittidas immediatamente pelo telegrapho aos habitantes do districto do Funchal, para logo lhes calmaram os espirites, com a perspectiva de uma rapida melhoria de sorte.

Por isso aquella benemerita e patriotica reunião, em boa hora suscitada á mente do governo, honrou, e deve ter deixado contentes e satisfeitos em consciencia, a quantos concorreram a ella. (Apoiados.)

Foi depois d'isto, que occorria simultaneamente com a embaraçosa campanha politica que, tendo por base as alterações do ordem publica, que se estavam ciando, não só na ilha, mas tambem cá no continente, em Pombal, em Cantanhede, e não me lembra agora em que outras localidades, - e na qual se empenhavam acerbamente os interesses e a vida dos dois principaes partidos militantes; que eu, sr. presidente, vendo que apparecia finalmente um governo, não importava qual, na resolução manifesta - embora forçado pejas circumstancias imperiosas de momento e pelas consequencias da propria incuria - de entrar n´m caminho de decidida protecção á agricultura e á economia social d'aquelle affrontado districto, tomei, sem. hesitar, a altitude que as formaes e categoricas promessas do governo me indicavam, como a unica compatível com as obrigações do meu espinhoso cargo.

Resolvi promover, da minha parte, e quanto em minhas forças coubesse, a mais inteira e cabal realisação de taes promessas, das quaes dependia o provimento das reclamações mais urgentes o inaddiaveis dos meus constituintes; e, n'esse justificavel intuito, abster-me de tomar qualquer parte nas aggressões, de caracter meramente político, que, baseadas nos tumultos da Madeira, fossem pela opposição dirigidas ao governo, com o fim, torno a dizer, muito plausível e natural, aliás, de o enfraquecer ou derrubar. (Apoiados.)

E declaro, com intima satisfação, a v. exa. e á camara, que esta minha altitude foi, sem discrepancia, approvada e qualificada de correcta, pelo digno chefe, e pelos mais illustres o graduados membros do partidos regenerador; o qual, á parte a accesa contenda, que no interesse da sua conservação e preponderancia, trazia travada com o governo, era, por certo, é primeiro a regosijar-se e a congratular-se, como o partido da ordem e das grandes iniciativas, que é, com o annuncio da solução da temerosa crise da Madeira. (Muitos apoiados.)

Deliberei, pois, aguardar em silencio e expectativa, os actos do governo, que deviam seguir de perto as suas peremptorias declarações, e sair d'esta fundada e prudente reserva, somente quando elle claudicasse nos seus compromissos, quer pela falta, quer pela imperfeição ou morosidade na realisação dos alvitres que acceitára e fizera seus.

Ora acontece que, das medidas annunciadas, já o governo poz algumas, e das de maior alcance, em pratica: receba por isso os meus sinceros applausos.

Mas não parece, por emquanto, disposto a execução de algumas d'ellas, nada inferiores em utilidade e importancia; e tem ainda, no meu entender, descurado um tanto o melhor e conveniente aproveitamento de outras.

Não existindo, que eu saiba, rasão alguma acceitavel que justifique estas faltas, é pois, chegado o ensejo de, segundo a linha de conducta, que a mim proprio me tracei, vir apontar ao governo as dilações em que está incurso, e de lhe lembrar o pacto firmado com os representantes do districto do Funchal, intimando-o a que o saiba cumprir com a inteireza e a honradez, a que a sua alta missão o obriga. (Apoiados.)

Principiemos por uma das principaes providencias, a que o governo já mandou dar começo de realieação o desenvolvimento das estradas e das levadas.