O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

678

nuar a combate-lo; mas reservo a palavra se alguem a pedir a favor delle. — Seja-me permittido declarar que eu, devedor de muitissimas honras á Cidade do Porto, voto pela Proposição tal qual passou na Camara dos Srs. Deputados, que de alguma maneira offende os interesses da Cidade Eterna, porque estou persuadido de que elles, neste caso, não estão em harmonia com os principios de justiça.

Não pedindo a palavra mais nenhum Membro da Commissão, julgou-se a materia sufficientemente discutida.

O Sr. Presidente propoz:

1.º Se se approvava o §. unico; decidiu-se que não.

2.º Se se supprimida o mesmo §.; resolveu-se que Sim.

3.º Se o resto da Proposição se reduziria a Decreto das Côrtes; tambem se decidiu affirmativamente.

O Sr. Secretario Conde de Lumiares leu a Acta desta Sessão, a qual foi approvada. Lidos depois, e assignados os respectivos authografos, disse

O Sr. Presidente: Concluíu-se o objecto para que se reuniu esta Commissão. Está fechada a Sessão, e dissolvida a Commissão.

Eram tres horas e 35 minutos.