O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

795

CAMARA DOS DIGNOS PARES

SESSÃO EM 7 DE MARÇO DE 1864

PRESIDÊNCIA DO EX.MO SR. CONDE DE CASTRO

VICE PRESIDENTE

Secretarios, os dignos pares

Conde de Peniche

Rebello da Silva

As duas horas e meia da tarde, achando se presente numero legal, declarou o sr. presidente aberta a sessão.

Lida a acta da precedente foi approvada na conformidade do regimento, por não haver reclamação em contrario.

Deu-se conta da seguinte correspondencia:

Um officio da presidencia da camara dos srs. deputados, acompanhando uma proposição sobre a conservarão dos estabelecimentos existentes nos diversos districtos do reino com a denominação de — celleiros communs — monte pios agricolas — ou montes de piedade. — Foi remettida á commissão de administração publica.

Dois ditos do ministerio da justiça, um datado de 5 do corrente mez, accusando a recepção de um officio que por esta camara lhe foi dirigido, acompanhando a nota da interpellação do digno par marquez de Vallada, relativa á nomeação do secretario da camara ecclesiastica de Coimbra; e outro datado de 7 do mesmo mez, participando vir a esta camara o respectivo ministro com brevidade responder sobre o assumpto d'aquella interpellação.

-Do ministerio da guerra enviando os documentos podidos pelo digno par José Maria Baldy.

O sr. Presidente: — Acha-se na ante sala o sr. marquez de Sabugosa, para tomar assento na camara. Convido os dignos pares conde do Sobral e visconde de Fonte Arcada para o introduzirem na sala.

Foi introduzido, prestou juramento e tomou assento.

O sr. Presidente: — Vamos entrar na ordem do dia. É a continuação da discussão na generalidade do parecer n.º 292 sobre o projecto de lei n.º 290. Ficou com a palavra dá ultima sessão para um requerimento o digno par o sr. Miguel Osorio.

Tem portanto o digno par a palavra.