O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

1475

DIARIO DO GOVERNO.

nado, trazia comsigo a necessidade de serem estes ultimos Juizes tambem comprehendidos no preceito legal, que se discutia. Depois provei que nelle não havia retroactividade, por isso que se não tractava de um facto passado, mas sim de um futuro, o qual teria o seu começo desde a nova intimação. Por ultimo combati a idéa, de que o Poder Judiciario, assim como todos os outros Poderes politicos, provindo da Nação, em que reside essencialmente a Soberania, era desta uma immanação, pois que, não lhe negando uma tal origem, a considerava como um principio geral de todo os elementos governativos, e áquelle como um ramo procedente do Poder Executivo, o que claramente se deprehendia dos §§ 2.°, e 6.° do artigo 82 da Constituição. Lisboa 3 de Novembro de 1840. = Seu attento venerador, Visconde de Laborim.