O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

26 | I Série - Número: 017 | 24 de Novembro de 2007

deixar claro, na Assembleia da República, mas deixar claro para o País que o Governo não só perdeu o debate como perdeu o crédito que tinha para governar Portugal!

Aplausos do PSD.

Protestos do PS.

O Sr. Presidente: — Para dar explicações, querendo, tem a palavra o Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares.

O Sr. Patinha Antão (PSD): — Agora é que vem a fábula de La Fontaine…!

Risos do PSD.

O Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares: — Sr. Presidente, Sr. Deputado Luís Montenegro, V. Ex.ª, manifestamente, não sentiu que a consideração da sua bancada tivesse sido minimamente atacada pelas minhas declarações. Ainda pensei que o Sr. Deputado ia dizer que a consideração da sua bancada tinha sido atacada pela citação que fiz do actual Presidente do PSD quanto à forma como caracteriza as vossas oposições ao encerramento de serviços como as maternidades.

O Sr. Patinha Antão (PSD): — Nós queremos é discutir o Orçamento!

O Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares: — Mas nem isso referiu. O Sr. Deputado usou os 2 minutos a que tinha direito para me fazer um ataque pessoal.

Vozes do PSD: — Oh…!

O Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares: — Não há qualquer problema, os ataques políticos fazem parte das regras do jogo democrático! E o Sr. Deputado deixará apenas que note que estive, aqui, sentado a ouvi-lo. Não sou como outros! Falo e oiço, depois, o que têm a dizer em relação àquilo que digo! Não me vou embora!

Aplausos do PS.

O Sr. Luís Montenegro (PSD): — Isso é que é personalizar!

O Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares: — Fico aqui, oiço e respondo!

Aplausos do PS.

Depois, não sei se o Sr. Deputado me queria atingir com essa ideia de eu ser um «Ministro bombeiro»… Sinto-me, aliás, orgulhoso se me comparar a um bombeiro porque, aqui, sentimo-nos muito como bombeiros! Um «fogo» estava ateado no País…

O Sr. Luís Montenegro (PSD): — Isso é verdade!

O Sr. Ministro dos Assuntos Parlamentares: — … por VV. Ex.as
!

Aplausos do PS.

Protestos do Deputado do PSD Patinha Antão.

Páginas Relacionadas
Página 0027:
27 | I Série - Número: 017 | 24 de Novembro de 2007 E nós fomos e estamos a ser os «bom
Pág.Página 27