O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

32 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008

Vozes do PS: — Muito bem!

A Sr.ª Paula Barros (PS): — » quando, em Abril, assinou um memorando de entendimento, no qual constava exactamente o cumprimento deste modelo de avaliação e a monitorização do mesmo, para a possibilidade da sua avaliação no final do ano lectivo.
E é isto, Sr.ª Deputada Cecília Honório, que é preciso esclarecer. É preciso termos bem claro o que queremos, o que pretendemos. Nós, Partido Socialista, sabemos bem que pretendemos uma avaliação de desempenho dos professores pelo mérito, e reconhecemos a capacidade negocial do Governo, inclusivamente nas medidas de simplificação, em termos da aplicação e operacionalização do modelo de avaliação de desempenho.
Esta parece-nos uma atitude coerente. Incoerente é defender, num momento, uma coisa e, no momento seguinte, o seu contrário, só para se servirem de pessoas que com certeza têm direito à reivindicação e à luta, mas com fundamentos, pura e simplesmente, de aproveitamento político

Aplausos do PS.

O Sr. Bernardino Soares (PCP): — É!» Os professores são todos parvos!»

O Sr. Presidente (Guilherme Silva): — Para responder, tem a palavra a Sr.ª Deputada Cecília Honório.

A Sr.ª Cecília Honório (BE): — Sr. Presidente, Sr.ª Deputada Paula Barros, é certo que estaremos de acordo sobre a necessidade da dignificação da profissão docente e da escola pública, sendo que o Partido Socialista não fez, até ao presente, nada por isso.

Vozes do PS: — Oh!

A Sr.ª Cecília Honório (BE): — Responsabilidade, Sr.ª Deputada, é a senhora fazer uma intervenção ignorando completamente uma greve esmagadora e histórica?

Vozes do BE: — Muito bem!

A Sr.ª Cecília Honório (BE): — Que responsabilidade é essa, Sr.ª Deputada?! Que responsabilidade é aquela que a senhora exige, neste momento, quando vem aqui falar do aproveitamento político de uma causa que é uma causa de fundo para o País, a causa da escola pública, a causa dos professores e dos alunos deste país? E a senhora vem falar de aproveitamento político, esquecendo-se que o Partido Socialista é que costuma levar a Sr.ª Ministra da Educação aos seus comícios. De que aproveitamento político é que a Sr.ª Deputada quer falar?

Aplausos do BE.

Protestos do PS.

O Sr. Presidente (Guilherme Silva): — Para pedir esclarecimentos, tem a palavra o Sr. Deputado Emídio Guerreiro.

O Sr. Emídio Guerreiro (PSD): — Sr. Presidente, Sr.ª Deputada Cecília Honório, gostaria de aproveitar este debate para reafirmar aqui aquilo que o PSD tem vindo a afirmar desde há muitos meses: é fundamental suspender já este modelo de avaliação,»

A Sr.ª Helena Terra (PS): — Antes disso, já houve quem quisesse suspender a democracia!»

Páginas Relacionadas
Página 0039:
39 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 O Sr. Bernardino Soares (PCP): — Sr. Pr
Pág.Página 39
Página 0040:
40 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 O Sr. Hugo Velosa (PSD): — Sr. Presiden
Pág.Página 40
Página 0041:
41 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 O Sr. Presidente (Guilherme Silva): — S
Pág.Página 41
Página 0042:
42 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 O Sr. Luís Fazenda (BE): — Agora, o Par
Pág.Página 42
Página 0043:
43 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 O Sr. Luís Rodrigues (PSD): — Sr. Presi
Pág.Página 43
Página 0044:
44 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 Ainda quanto ao contrato, como é possíve
Pág.Página 44
Página 0045:
45 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 Neste caso, trata-se tão-só de prolongar
Pág.Página 45
Página 0046:
46 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 aquilo a que se comprometeu com a conces
Pág.Página 46
Página 0047:
47 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 O Sr. António Carlos Monteiro (CDS-PP):
Pág.Página 47
Página 0048:
48 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 O Sr. Francisco Madeira Lopes (Os Verdes
Pág.Página 48
Página 0049:
49 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 Sr.ª Secretária de Estado consiga aprese
Pág.Página 49
Página 0050:
50 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 Não se podem esquecer os Srs. Deputados
Pág.Página 50
Página 0051:
51 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 Pronto. Então, vou colocar outra hipótes
Pág.Página 51
Página 0052:
52 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 É verdade, Srs. Deputados! Têm de estuda
Pág.Página 52
Página 0053:
53 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 Também quanto à questão do impacte ambie
Pág.Página 53
Página 0054:
54 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 A Sr.ª Secretária de Estado dos Transpor
Pág.Página 54
Página 0055:
55 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 O Sr. Mota Andrade (PS): — Oiça, Sr. De
Pág.Página 55
Página 0056:
56 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 Tem a palavra a Sr.ª Deputada Helena Pin
Pág.Página 56
Página 0057:
57 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 Vozes do PS: — Não! Não! O Sr. An
Pág.Página 57
Página 0058:
58 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 viabilidade do enterramento da linha naq
Pág.Página 58
Página 0059:
59 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 A Sr.ª Secretária de Estado dos Transpor
Pág.Página 59
Página 0060:
60 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 O Sr. Luís Rodrigues (PSD): — Termino j
Pág.Página 60
Página 0061:
61 | I Série - Número: 021 | 4 de Dezembro de 2008 O Sr. Presidente: — Srs. Deputados, est
Pág.Página 61