O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

8 DE JUNHO DE 2012

41

O Sr. Presidente (António Filipe): — Tem a palavra o Sr. Deputado Arménio Santos.

O Sr. ArménioSantos (PSD): — Sr. Presidente, Sr.ª Deputada Paula Santos, em primeiro lugar, queria

lembrar que a intervenção da Sr.ª Deputada sobre umas declarações prestadas por um quadro superior…

O Sr. LuísFazenda (BE): — Um quadro superior?! É equiparado a ministro!

O Sr. ArménioSantos (PSD): — … faz-nos lembrar outras declarações feitas há uns tempos num

Governo anterior, em que um Sr. Ministro chegou à China e defendeu salários portugueses semelhantes aos

que havia encontrado nesse País como uma medida para melhorar a competitividade da nossa economia.

A Sr.ª MariadasMercêsSoares (PSD): — Bem lembrado! Bem lembrado!

O Sr. BernardinoSoares (PCP): — Andou na mesma escola!

O Sr. ArménioSantos (PSD): — Felizmente que essas palavras não passaram à prática…

O Sr. BernardinoSoares (PCP): — Não…!

O Sr. ArménioSantos (PSD): — … e, mesmo em relação às palavras que a Sr.ª Deputada aqui invoca do

quadro superior António Borges,…

O Sr. LuísFazenda (BE): — Superior?! Não. Ministro!

O Sr. ArménioSantos (PSD): — … a Sr.ª Deputada sabe que o Sr. Primeiro-Ministro já deu a devida

resposta.

A Sr.ª MariadasMercêsSoares (PSD): — Muito bem!

O Sr. ArménioSantos (PSD): — Por outro lado, a Sr.ª Deputada sabe também que há um acordo social,

que tem estabelecidas as regras das políticas salariais e de outras matérias ligadas às relações económico-

laborais e em nenhuma situação, da parte de nenhum dos parceiros que subscreveu esse acordo social,

consta qualquer referência a políticas de redução salarial.

A Sr.ª MariadasMercêsSoares (PSD): — Muito bem!

O Sr. ArménioSantos (PSD): — A Sr.ª Deputada sabe muitíssimo bem desse facto, mas permita-me

dizer-lhe que a sua intervenção é uma boa oportunidade para reafirmarmos aqui o que o Sr. Primeiro-Ministro

já disse: o Partido Social Democrata e o Governo não encaram a redução salarial como uma medida para

aumentar a competitividade das empresas portuguesas.

A Sr.ª MariadasMercêsSoares (PSD): — Muito bem!

O Sr. ArménioSantos (PSD): — Para nós, esse é um caminho que não se coloca, porque levar-nos-ia a

uma economia do terceiro mundo, à depauperização do poder de compra das famílias, das pessoas e,

naturalmente, não é essa a política central do Governo atual, nem do Partido Social Democrata.

O Sr. BernardinoSoares (PCP): — Não…!

O Sr. ArménioSantos (PSD): — Por isso, Sr.ª Deputada, permita-me que declare aqui, de uma forma

muito solene, que os trabalhadores portugueses e o País ficam a saber que o Partido Social Democrata e o

Páginas Relacionadas
Página 0054:
I SÉRIE — NÚMERO 118 54 O Sr. JoãoSemedo (BE): — Sr. Presidente, Sr.
Pág.Página 54
Página 0055:
8 DE JUNHO DE 2012 55 O Sr. SecretáriodeEstadodoDesportoeJuventude (Alexandre Mestr
Pág.Página 55
Página 0056:
I SÉRIE — NÚMERO 118 56 período transitório, até maio deste ano, 2012
Pág.Página 56
Página 0057:
8 DE JUNHO DE 2012 57 Diz o diploma dos ginásios que se aproveita para introduzir a
Pág.Página 57
Página 0058:
I SÉRIE — NÚMERO 118 58 Uma das coisas de que as pessoas se queixam n
Pág.Página 58
Página 0059:
8 DE JUNHO DE 2012 59 regras relativas à emissão dos títulos profissionais e as reg
Pág.Página 59
Página 0060:
I SÉRIE — NÚMERO 118 60 Nacional para a Qualificação e o Ensino Profi
Pág.Página 60