O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

1 DE MARÇO DE 2013

53

O segundo vetor, que foi também aqui discutido, diz respeito à transparência e à prevenção dos conflitos

de interesses. E aí é absolutamente crítico aquilo que é a transposição das diretivas, mas neste diploma

também se foi mais longe no nível de exigência, no nível de transparência relativamente a várias dimensões:

por exemplo, ao nível dos requisitos relacionados com os auditores, à proibição de operações entre partes

relacionadas, suscetíveis de gerarem conflitos de interesses, assim como também na proibição de os OIC

terem ativos emitidos por entidades relacionadas de valor superior ao valor global líquido.

Neste sentido, esta é, realmente, uma plataforma de investimento relevante e a transposição deste pacote

de diretivas para o ordenamento jurídico português é, por isso, um aspeto decisivo na dinamização dos

mercados de fundos de investimento, permitindo às sociedades gestoras um espetro de atuação mais

abrangente na definição das suas estratégias e no desenvolvimento da sua atividade, favorecendo,

necessariamente, o investimento com efeito também no crescimento.

Aplausos do PSD e do CDS-PP.

O Sr. Presidente (António Filipe): — Srs. Deputados, damos assim por terminado o debate da proposta de

lei n.º 129/XII (2.ª), a qual será objeto de votação amanhã, no período regimental de votações.

A nossa próxima sessão plenária realizar-se-á amanhã, pelas 10 horas, consistindo a ordem de trabalhos

no seguinte: do primeiro ponto consta um debate de urgência, requerido pelo Grupo Parlamentar do PS, sobre

alternativa para a saída da crise; segue-se a apreciação conjunta, na generalidade, dos projetos de lei n.os

358/XII (2.ª) — Estabelece a amnistia pelo incumprimento de pagamento de propinas universitárias por

comprovada carência económica e introduz a isenção total de propinas no ano letivo de 2013/2014 (BE),

361/XII (2.ª) — Financiamento do ensino superior público (PCP) e 362/XII (2.ª) — Estabelece um regime

transitório de isenção do pagamento de propinas e de reforço da ação social direta e indireta aos estudantes

do ensino superior público (PCP). No final dos debates, terá lugar um período de votações regimentais.

Está encerrada a sessão.

Eram 18 horas e 45 minutos.

Presenças e faltas dos Deputados à reunião plenária.

A DIVISÃO DE REDAÇÃO E APOIO AUDIOVISUAL.

Páginas Relacionadas
Página 0040:
I SÉRIE — NÚMERO 60 40 melhoramentos, em sede de especialidade. Este
Pág.Página 40
Página 0041:
1 DE MARÇO DE 2013 41 O Sr. Bruno Dias (PCP): — Sr. Presidente, o artigo 124.º do R
Pág.Página 41