O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 107

66

eventuais prejuízos eleitorais (autárquicos) decorrentes da opção de encerramento de dezenas de tribunais

por todo o País, como de resto há mais de um ano está anunciado.

O PCP apresentou inúmeras propostas visando corrigir potenciais inconstitucionalidades e outras opções

que, ainda que não se mostrando suscetíveis do mesmo juízo de inconstitucionalidade, mereceriam correção

pelos efeitos que delas decorrerão.

Lamentavelmente, neste como em praticamente todos os processos legislativos ocorridos na presente

legislatura, não houve disponibilidade da maioria PSD/CDS para acolher as propostas apresentadas ou sequer

corrigir opções cujo desacerto é evidente desde o início, o que não permite ao PCP senão votar contra a

presente lei.

Deputado do PCP, João Oliveira.

——

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda votou contra a proposta de lei n.º 114/XII (2.ª), que aprova a lei

de organização do sistema judiciário, tendo em conta que a discussão e votação na especialidade não

integrou propostas no sentido de garantir equilíbrios determinantes para melhorar a organização do sistema

judiciário. Neste contexto se enquadra, a mero título de exemplo, a clarificação das competências no interior

do conselho de gestão, quando todas as entidades levantaram problemas sobre esta matéria.

Relevam-se ainda como matérias de enorme sensibilidade o quadro de entrada em vigor em articulação

com o Código de Processo Civil e a instabilidade que daí decorrerá, bem como os sinais evidentes de intrusão

do Governo no sistema judiciário, recordando-se, a este nível, o mapa judiciário que conduzirá ao

encerramento de dezenas de tribunais. Esta solução reduzirá o acesso das populações aos tribunais,

sobretudo no interior.

As Deputadas e os Deputados do Bloco de Esquerda, Cecília Honório — Ana Drago — Catarina Martins—

Helena Pinto — João Semedo — Luís Fazenda — Mariana Aiveca — Pedro Filipe Soares.

———

Presenças e faltas dos Deputados à reunião plenária.

A DIVISÃO DE REDAÇÃO E APOIO AUDIOVISUAL.

Páginas Relacionadas
Página 0045:
29 DE JUNHO DE 2013 45 propostas concretas sobre os temas que importam e que tenha
Pág.Página 45
Página 0046:
I SÉRIE — NÚMERO 107 46 O empenho que sempre dedicou à causa política
Pág.Página 46