O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

3 DE OUTUBRO DE 2013

47

O Sr. Bruno Dias (PCP): — Tudo a extinguir, mas devagar.

O Sr. Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações: — Em segundo lugar,

quanto a sensibilidade social, coesão territorial e diálogo com as populações — uma matéria trazida também

pelo PS —, devo dizer que todos os autarcas de juntas de freguesia foram contactados e foi dada

oportunidade às juntas de freguesia, antes de pensar nos pequenos negócios, para que as próprias juntas de

freguesia pudessem prestar um serviço de proximidade à população.

O Sr. Bruno Dias (PCP): — Depois, foram extintas as juntas de freguesia!

O Sr. Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações: — Isto significa o quê?

Que houve não só um processo de consulta, como um processo de diálogo, um processo de proximidade, na

tentativa de responder às necessidades reais das populações, em nome do serviço público que nos cumpre

garantir.

Sei que a idiossincrasia, por vezes, pode passar despercebida, mas aproveito para refletir sobre ela, em

voz alta.

Os senhores dizem: «Bom, os governos só fazem desgraça, mas é melhor que sejam os governos os

representantes do acionista». Decidam-se!

O Sr. João Oliveira (PCP): — Do que precisamos é de outro governo!

A Sr.ª Rita Rato (PCP): — Exatamente!

O Sr. Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações: — Nós pensamos que a

função acionista não é relevante relativamente à qualidade do serviço.

Protestos do Deputado do PCP João Oliveira.

O que interessa, relativamente à qualidade do serviço, é que os contratos de concessão determinem essa

mesma qualidade e as entidades reguladoras fiscalizem o cumprimento das obrigações. Isto é que é relevante

num Estado de direito, aberto e liberal.

Protestos do BE.

Isto significa que nós protegemos o interesse daqueles que são mais desprotegidos, garantindo a

regularidade, a qualidade e a fiabilidade do serviço.

Protestos do PCP.

Não é de outra forma!

O Sr. João Oliveira (PCP): — É, é!

O Sr. Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações: — Por mais que

queiram que seja essa a imagem que fica para fora não é dessa forma que nós a garantimos.

O Sr. João Oliveira (PCP): — São piores que os «vendilhões do Templo»!

O Sr. Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações: — Há uma outra

matéria que eu aproveitava para clarificar, para benefício da Sr.ª Deputada que não esteve cá antes, mas

também do Partido Socialista que volta a levantar esta questão.

Páginas Relacionadas
Página 0032:
I SÉRIE — NÚMERO 4 32 Enquanto os senhores se recusarem a estar contr
Pág.Página 32
Página 0033:
3 DE OUTUBRO DE 2013 33 Fundamentais, que, como se sabe, tem o mesmo valor jurídico
Pág.Página 33
Página 0034:
I SÉRIE — NÚMERO 4 34 O Sr. Ministro da Administração Interna
Pág.Página 34
Página 0035:
3 DE OUTUBRO DE 2013 35 ao Serviço Nacional de Saúde? Ou seja, perante um qualquer
Pág.Página 35
Página 0036:
I SÉRIE — NÚMERO 4 36 Por tudo quanto foi dito, e não obstante a disc
Pág.Página 36
Página 0037:
3 DE OUTUBRO DE 2013 37 O Sr. Deputado fala na extinção dos governos civis, mas é p
Pág.Página 37