O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 12

34

Sabendo que as lutas foram várias, que as disputas foram várias e que a voz sempre foi frontal, clara e

forte na defesa dos seus valores, reconhecemos que se apaga aqui no Parlamento um espaço de debate, mas

que se abrem outros na sociedade.

Quem está na política por valores não se esgota no trabalho parlamentar, não se esgota no espaço

institucional. Por isso, sabemos que o Deputado Bernardino Soares cessa funções de Deputado mas

permanece na política como cidadão e como presidente de câmara.

Pela minha parte, pessoalmente, relativamente ao Sr. Deputado Bernardino Soares, registo um espaço de

humor. Quem percebe o que é o espaço público e o espaço não tanto pessoal, mas privado, sabe que o

humor público é diferente daquele que se consegue ter em privado. E aqui, pela proximidade geográfica das

nossas bancadas parlamentares, permite-nos ouvir muitas vezes apartes que não chegam ao Diário da

Assembleia da República e que dão para perceber, por um lado, o fair play democrático que existe e, por outro

lado, o humor sagaz e inteligente que também é cunho da sua presença.

Pela nossa parte, desejamos-lhe felicidades. Estamos certos de que nos encontraremos em diversas lutas

e que a sua prestação à República e à democracia não ficará por aqui, pelo trabalho que desempenhou no

Parlamento, nem por aquele que agora inicia. A vida será longa e as lutas também.

Aplausos gerais.

A Sr.ª Presidente: — Tem a palavra a Sr.ª Deputada Heloísa Apolónia.

A Sr.ª Heloísa Apolónia (Os Verdes): — Sr.ª Presidente, em nome do Grupo Parlamentar de «Os Verdes»,

quero associar-me ao cumprimento a todos aqueles que saem agora do Parlamento para irem exercer

mandatos autárquicos. Fundamentalmente, aquilo que esperamos é que as populações possam ficar a ganhar

com o sucesso que possam transportar para o exercício desse mandato autárquico.

Queria também, enquanto líder da bancada de Os Verdes, deixar palavras muito particulares para o líder

parlamentar do Partido Comunista Português, Bernardino Soares, com quem tive oportunidade de trabalhar ao

longo destes anos.

Gostava de realçar algumas caraterísticas do Deputado Bernardino Soares enquanto Deputado. Muitas já

aqui foram realçadas: o seu brilhantismo na argumentação e na frontalidade que sempre transportou para o

debate parlamentar, a solidariedade, a lealdade, a seriedade e toda a dedicação que transportou para esse

seu trabalho.

Mas queria também realçar a sua principal caraterística como líder parlamentar, que julgo ser reconhecida

por todas as bancadas, que é a sua profunda capacidade de compreensão e de diálogo nas convergências e

nas divergências. Penso que essa foi sempre uma peça fundamental, designadamente ao nível das

conferências de líderes. Quer com as suas caraterísticas de Deputado, quer com as suas caraterísticas

relevantes de líder parlamentar, o Deputado Bernardino Soares soube sempre dignificar muito o Parlamento

português.

Devo dizer que é com grande pena pessoal que vejo sair o Deputado Bernardino Soares, mas a política

não se resume, nem se pode confinar a gostos pessoais.

O Parlamento mereceu o Deputado Bernardino Soares durante todos estes anos, agora Loures e os

munícipes de Loures merecem este grande homem, que sabe estar tanto e muito na política, que sabe dar

tanto de si à política. Loures, certamente, ganhará com isso e os munícipes de Loures perceberão isso.

Aplausos gerais.

A Sr.ª Presidente: — Tem a palavra o Sr. Deputado Alberto Martins.

O Sr. Alberto Martins (PS): — Sr.ª Presidente, Srs. Deputados, queria associar-me às palavras da Sr.ª

Presidente e saudar todos os nossos colegas Deputados que saem hoje da Assembleia da República, bem

como aqueles que vão entrar. Isto significa o signo e o ciclo da vida democrática, que é feita de vários espaços

e lugares de intervenção cívica.

Páginas Relacionadas
Página 0031:
19 DE OUTUBRO DE 2013 31 Vamos votar o projeto de resolução n.º 670/XII (2.ª
Pág.Página 31