O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 24

32

A Sr.ª Rita Rato (PCP): — Srs. Deputados, é mentira?!

Mas a UGT e o Governo não chegaram a acordo para dispensar a prova. A UGT e o Governo chegaram a

acordo, sim, para manter a prova para milhares de professores — e isso é inaceitável.

O Sr. João Oliveira (PCP): — Exatamente!

A Sr.ª Rita Rato (PCP): — Portanto, a única forma que há de impedir que este processo vergonhoso e

humilhante avance é aprovar a proposta que o PCP hoje aqui apresenta.

E, Sr. Secretário de Estado, também lhe digo com muita franqueza: no seio do Partido Socialista,

certamente Maria de Lurdes Rodrigues andará às voltas com esta posição, mas, tudo bem, há que aprender

com os erros e nós sabemos que o Partido Socialista, quando está na oposição, faz um discurso progressista

e, quando está no Governo, tem políticas de direita — é da vida, é da história. Mas, tudo bem, assumiu um

erro.

Porém, o que aqui dizemos, Sr. Secretário de Estado, é mais: para o PCP não basta a demissão do Sr.

Ministro da Educação, é preciso a demissão de todo o Governo e a alteração da política educativa, em defesa

da escola de Abril, do pilar fundamental do regime democrático.

Aplausos do PCP.

A Sr.ª Presidente (Teresa Caeiro): — A Mesa não regista inscrições…

Pausa.

Temos agora a informação que o Sr. Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário se inscreveu

para intervir.

A Sr.ª Secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade (Teresa Morais): — Não, Sr.ª

Presidente, não se inscreveu.

O Sr. Luís Fazenda (BE): — Não tem nada para dizer!

A Sr.ª Presidente (Teresa Caeiro): — Então, não registando a Mesa mais inscrições, penso que podemos

dar por concluído este debate.

A Sr.ª Heloísa Apolónia (Os Verdes): — Peço a palavra, Sr.ª Presidente.

A Sr.ª Presidente (Teresa Caeiro): — Para que efeito, Sr.ª Deputada?

A Sr.ª Heloísa Apolónia (Os Verdes): — Sr.ª Presidente, talvez para uma intervenção.

Vozes do PSD e do CDS-PP: — Talvez?!

A Sr.ª Presidente (Teresa Caeiro): — Tem a palavra, Sr.ª Deputada.

A Sr.ª Heloísa Apolónia (Os Verdes): — É que, com toda a sinceridade, estava à espera de ouvir outra

intervenção do Governo para eu falar depois, ou seja, para reagir à intervenção do Sr. Secretário de Estado.

Risos do PSD e do CDS-PP.

A Sr.ª Secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade: — Mas o Sr. Secretário de

Estado não se inscreveu.

Páginas Relacionadas
Página 0042:
I SÉRIE — NÚMERO 24 42 A Sr.ª Rita Rato (PCP): — Sr.ª Presidente, Srs
Pág.Página 42
Página 0043:
5 DE DEZEMBRO DE 2013 43 (2.ª) — Pela continuação do Festival Internacional de Teat
Pág.Página 43
Página 0044:
I SÉRIE — NÚMERO 24 44 Dir-se-á que, em alturas de crise, é difícil f
Pág.Página 44
Página 0045:
5 DE DEZEMBRO DE 2013 45 seja, por mais justas que sejam as decisões dos júris, não
Pág.Página 45
Página 0046:
I SÉRIE — NÚMERO 24 46 Devo aqui recordar que a sua existência ou a r
Pág.Página 46
Página 0047:
5 DE DEZEMBRO DE 2013 47 causa é simples: o FITEI não conseguiu apresentar uma cand
Pág.Página 47
Página 0048:
I SÉRIE — NÚMERO 24 48 Em relação ao projeto de resolução do Partido
Pág.Página 48
Página 0049:
5 DE DEZEMBRO DE 2013 49 porque os senhores, com as vossas prioridades e bondades d
Pág.Página 49
Página 0050:
I SÉRIE — NÚMERO 24 50 Aquilo que dizemos é que, se o apoio às artes
Pág.Página 50