O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 109

62

O Sr. António Filipe (PCP): — E terão oportunidade de o fazer muito em breve,…

O Sr. Luís Montenegro (PSD): — Cá estaremos, Sr. Deputado!

O Sr. António Filipe (PCP): — … porque os senhores não vão poder esconder perante a opinião pública

aquilo que verdadeiramente querem aprovar hoje, aqui, nesta Assembleia.

Aplausos do PCP, do PS, do BE e de Os Verdes.

Nós confiamos que se esta lei for hoje, aqui, aprovada será uma das primeiras leis a ser revogada na

próxima Legislatura, com o voto dos portugueses,…

O Sr. Luís Montenegro (PSD): — Arrogância!

O Sr. António Filipe (PCP): — … por vontade expressa dos portugueses.

Aplausos do PCP, do PS, do BE e de Os Verdes.

A Sr.ª Presidente: — Para uma intervenção, tem a palavra o Sr. Deputado Carlos Abreu Amorim.

O Sr. Carlos Abreu Amorim (PSD): — Sr.ª Presidente, Srs. Deputados: O Grupo Parlamentar do PSD

queria, em primeiro lugar, cumprimentar os cerca de 48 000 cidadãos portugueses que usaram do seu direito

de livre iniciativa legislativa.

Aplausos do PSD e do CDS-PP.

Nós, no Grupo Parlamentar do PSD e no Grupo Parlamentar do CDS, na maioria, acreditamos no direito de

participação e não discriminamos os cidadãos em virtude de serem ou não a favor das posições que, à partida,

defendemos.

O Sr. Hugo Lopes Soares (PSD): — Ora bem!

O Sr. Carlos Abreu Amorim (PSD): — Reconhecemos o direito a qualquer cidadão português, e é

exatamente isso que, em primeiro lugar, estamos aqui a fazer, neste momento, nesta Câmara.

Protestos do PCP e do BE.

Sr.ª Presidente, não vale a pena travestir este debate, não vale a pena mascarar uma proposta de

substituição que é extremamente clara, mas, apesar de ser clara e óbvia, tal tem de ser dito, dados os

esforços para maquilhar a nossa proposta de substituição.

Protestos do PCP e do BE.

Não está em causa para a maioria voltar a colocar em cima da mesa o debate sobre a interrupção

voluntária da gravidez.

Aplausos do PSD e do CDS-PP.

Protestos do PS, do PCP, do BE e de Os Verdes.

Não está em causa!

Páginas Relacionadas
Página 0045:
23 DE JULHO DE 2015 45 Diretiva 2014/40/UE, do Parlamento Europeu e do Conselho, es
Pág.Página 45