O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 19

92

Protestos do PS.

A grande diferença não é ideológica. A diferença está na forma como encaramos a responsabilidade que nos

é atribuída!

Aplausos do CDS-PP e do PSD.

Protestos do PS.

Os senhores refugiaram-se na oposição para que alguém limpasse o que tinham feito e ficaram à espera que

vos caísse o poder na mão. Os portugueses não vos deram esse poder e os senhores foram, oportunisticamente,

bater à porta dos idiotas úteis para vos apoiarem no Governo e conseguirem um poder que não tiveram nas

urnas!

Vozes do CDS-PP: — Muito bem!

Protestos do PS, do BE e do PCP.

O Sr. João Pinho de Almeida (CDS-PP): — Srs. Deputados, não há ofensa nenhuma. Os idiotas são úteis

quando, na oposição, têm ideias e, no poder, já só têm votos.

Aplausos do CDS-PP e do PSD.

Por isso é que são idiotas úteis. Deixaram de ter ideias e passaram a só ter votos! A questão é simples, não

há ofensa nenhuma!

Aplausos do CDS-PP e do PSD.

Protestos do PS, do BE e do PCP.

O Sr. Presidente: — Sr. Deputado, o dia já vai muito avançado e eu pedia que houvesse alguma contenção

nas imagens que, sei, são figuradas. De qualquer forma, a esta hora poderá haver alguma contenção.

O Sr. João Pinho de Almeida (CDS-PP): — Sr. Presidente, o dia está ligeiramente mais avançado do que

estava quando falou o Sr. Deputado Eurico Brilhante Dias.

À Sr.ª Deputada Joana Mortágua, que também colocou questões, direi que, sobre partidos «fofinhos» ou

sobre campanhas «fofinhas», me basto com a última campanha do Bloco de Esquerda. Para agradar, o Bloco

de Esquerda teve jeito, mas agora tem de responder pelo que governa.

Sr.ª Deputada, nós respondemos: o que é que acontecia aos salários dos funcionários públicos?

Continuavam a ser devolvidos, como foram devolvidos no último Orçamento que aqui trouxemos.

Vozes do BE: — Falso! Falso!

O Sr. João Pinho de Almeida (CDS-PP): — Qual é a dúvida? Qual é a dúvida? No Orçamento do Estado

de 2015, que aqui trouxemos, houve devolução de vencimento aos funcionários públicos. Continuava essa

devolução.

O que é que acontecia com as pensões? Continuavam a recuperar, como recuperaram.

Vozes do BE: — Congelaram!

O Sr. João Pinho de Almeida (CDS-PP): — Sr.ª Deputada, até vou dizer-lhe o seguinte:…

Páginas Relacionadas
Página 0099:
4 DE NOVEMBRO DE 2016 99 O Sr. Presidente: — Sr. Ministro, inscreveram-se, para ped
Pág.Página 99
Página 0100:
I SÉRIE — NÚMERO 19 100 Por isso, reafirmamos que é urgente mudar de
Pág.Página 100