O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

18 DE MARÇO DE 2017

27

Os senhores não gostam de ser denunciados, mas cá está o CDS para vos denunciar relativamente ao vosso

populismo,…

O Sr. Jorge Duarte Costa (BE): — Mentiroso!

O Sr. Pedro Mota Soares (CDS-PP): — … ao vosso isolacionismo,…

O Sr. Pedro Filipe Soares (BE) — Aldrabice!

O Sr. Pedro Mota Soares (CDS-PP): — … ao combate que fazem a um mercado aberto, a uma economia

de mercado.

Contem sempre com o CDS para denunciar o que o Bloco de Esquerda faz!

Aplausos do CDS-PP.

Protestos do BE.

Aliás, é espantoso sabermos que o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista nunca votaram a favor de um

acordo de comércio livre. Digam-me: qual é o acordo de comércio livre que os senhores suportam?

O Sr. Hélder Amaral (CDS-PP): — Com a Coreia do Norte!

O Sr. Pedro Mota Soares (CDS-PP): — Se nem com o Canadá, que tem níveis de proteção social, tem

níveis de proteção laboral, tem níveis de proteção ambiental de padrões europeus, os senhores votam, com

quem é que podiam votar?

Olhem para o mapa. Portugal, que é um País periférico no quadro da União Europeia, certamente tem a

ganhar no quadro atlântico, porque ganha uma centralidade. É exatamente por isso que, para nós, este debate

não é ideológico,…

A Sr.ª Joana Mortágua (BE): — Não!?…

O Sr. Pedro Mota Soares (CDS-PP): — … não é um debate sobre a globalização,…

O Sr. Jorge Duarte Costa (BE): — É um debate de mentiras!

O Sr. Pedro Mota Soares (CDS-PP): — … é um debate para percebermos, efetivamente, do ponto de vista

da economia portuguesa, o que é que podemos ganhar e o que é que podemos perder, porque certamente que

há riscos nesta matéria.

Protestos do BE.

A Sr.ª Secretária de Estado respondeu-me, há pouco — e agradeço a sua resposta —, relativamente a um

setor que nos preocupa, que é o setor agrícola, da agroindústria.

Mas, Sr.ª Secretária de Estado, não me respondeu a uma outra matéria, que é tão importante quanto essa:

o que é que, neste momento, o Governo português está a fazer para ajudar as empresas do setor têxtil, do setor

farmacêutico, dos setores dos serviços, dos setores dos moldes, da metalomecânica, que podem ganhar muitas

quotas de mercado no Canadá, mas que, certamente, precisam de um impulso?

A internacionalização da economia portuguesa passa também pela capacidade política do Governo, e é isso

que nós não vemos.

Sr.ª Secretária de Estado, sei que o anterior Governo foi ao Canadá mais do que uma vez — o Vice-Primeiro-

Ministro, a Ministra da Agricultura — para trabalhar parcerias económicas. Quando fizemos a pergunta ao

Páginas Relacionadas
Página 0042:
I SÉRIE — NÚMERO 65 42 Protestos do Deputado do PSD Carlos Abreu Amor
Pág.Página 42