O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 109

104

Protestos do PSD.

… e, portanto, desrespeitaram os lesados do BES quer na Comissão de Inquérito ao BES, quer na resolução,

e desrespeitaram-se também a si próprios e a esta Assembleia da República.

Aplausos do PS.

Protestos do PSD.

Não desrespeitaram apenas os lesados! Desrespeitaram o trabalho de todos os Deputados desta Casa e a

democracia portuguesa.

As resoluções da Assembleia da República não são meras palavras, são resoluções da Assembleia da

República e devem ser cumpridas e levadas a sério por todos os Deputados que as aprovam.

Esta solução é perfeita? Não é, seguramente, mas é certamente uma solução muito melhor do que aquela

que foi apresentada pelo Governo do PSD/CDS, uma vez que não deixava alguns lesados de fora, deixava

todos, enquanto aprovavam nesta Casa resoluções que não tinham a intenção de cumprir.

Aplausos do PS.

O Governo do Partido Socialista, assim que assumiu funções, levou a sério a incumbência que lhe foi dada

por este Parlamento: trabalhou no sentido de procurar uma solução.

Como disse há pouco, é uma solução perfeita?! Não! Foi a solução possível.

O Sr. Presidente: — Peço-lhe para concluir, Sr. Deputado.

O Sr. João Galamba (PS): — O Partido Socialista anuncia, aqui e agora, que vai aprovar a proposta

apresentada pelo Bloco de Esquerda e a avocação que fez para incluir também os emigrantes da Venezuela e

outros que tinham ficado excluídos da solução inicial.

O Sr. Presidente: — Peço-lhe para concluir, Sr. Deputado.

O Sr. João Galamba (PS): — Uma coisa é certa:…

O Sr. Presidente: — Tem mesmo de concluir, Sr. Deputado.

O Sr. João Galamba (PS): — … prometemos, cumprimos.

O Sr. Presidente: — Conclua, por favor, Sr. Deputado.

O Sr. João Galamba (PS): — Levamos a sério e respeitamos estas pessoas — o oposto do que faz o PSD.

Aplausos do PS.

O Sr. Presidente: — Vamos passar às votações…

O Sr. António Leitão Amaro (PSD): — Sr. Presidente, peço desculpa, permite-me o uso da palavra?

O Sr. Presidente: — Pede a palavra para que efeito, Sr. Deputado?

O Sr. António Leitão Amaro (PSD): — Para uma interpelação à Mesa, Sr. Presidente, se me permitir.

Páginas Relacionadas
Página 0085:
20 DE JULHO DE 2017 85 O Sr. Presidente: — Para que efeito, Sr. Deputado?
Pág.Página 85