O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 55

24

O que o Sr. Deputado fez foi uma vergonha, porque, se há um partido, nesta Assembleia — não queria usar

este argumento, mas vou ter de o fazer, dada a sua intervenção —, que foi escrutinado relativamente ao

financiamento das suas contas, e escrutinado judicialmente, foi o CDS. E, Sr. Deputado, o que é que aconteceu?

Sentença transitada em julgado! O que é que aconteceu às pessoas? Foram absolvidas! Os funcionários foram

absolvidos!

Vozes do CDS-PP: — Muito bem!

O Sr. Jorge Duarte Costa (BE): — E os factos?!

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): — Isto demonstra tudo sobre o respeito que o Bloco de Esquerda tem

pelo Estado de direito democrático e sobre a sua capacidade para entender a separação de poderes.

Aplausos do CDS-PP.

O Sr. Jorge Duarte Costa (BE): — Os factos foram confirmados!

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): — Enlamear nomes de pessoas, algumas das quais nem sequer estão

entre nós, é uma vergonha, e é uma vergonha que fica convosco.

Aplausos do CDS-PP.

O Sr. Jorge Duarte Costa (BE): — Mas as malinhas estavam lá!

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): — Talvez por isso, seria bom que o Bloco de Esquerda fosse igualmente

escrutinado, como foi o CDS, porque, assim, se calhar, se perceberia o porquê de algum dinheiro e de algumas

campanhas faustosas que o Bloco tem feito.

O Sr. Presidente: — Sr. Deputado Nuno Magalhães, já ultrapassou o tempo de que dispunha. Peço-lhe que

conclua.

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): — Sr. Presidente, para terminar, ouçam outra vez: o CDS votou e votará

contra, porque esta lei está mal, é errada, não foi discutida, vai para além do que se pede,…

O Sr. Presidente: — Peço-lhe para concluir, Sr. Deputado Nuno Magalhães.

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): — … desrespeita o Presidente da República e, em última análise, ofende

os portugueses.

Aplausos do CDS-PP.

O Sr. Presidente: — Para uma intervenção, tem a palavra a Sr.ª Deputada Ana Catarina Mendonça Mendes.

A Sr.ª Ana Catarina Mendonça Mendes (PS): — Sr. Presidente, Sr.as e Srs. Deputados: Gostaria de, no

final deste debate e em nome do Partido Socialista, sublinhar que a importância deste tema e o respeito que

devemos ter pelos partidos políticos significam, todos os dias, aprofundar e credibilizar a democracia.

O ataque que aqui foi hoje feito, por algumas bancadas, não pode ser deixado passar pela bancada do

Partido Socialista, porque aquilo que foi feito nesta Assembleia, esta manhã, foi um ataque sem nome à

democracia e aos partidos políticos que não aceitamos.

Aplausos do PS.

Páginas Relacionadas
Página 0014:
I SÉRIE — NÚMERO 55 14 partidos organizam a sua contabilidade e como
Pág.Página 14
Página 0015:
3 DE FEVEREIRO DE 2018 15 os partidos devam ser objeto de suspeição permanente ou d
Pág.Página 15
Página 0016:
I SÉRIE — NÚMERO 55 16 A Sr.ª Ana Catarina Mendonça Mendes (PS
Pág.Página 16