O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 66

60

Submetido à votação, foi rejeitado, com votos contra do PSD, do PS e do CDS-PP, votos a favor do BE, do

PCP, de Os Verdes, do PAN e de 11 Deputados do PS (André Pinotes Batista, Ascenso Simões, Bacelar de

Vasconcelos, Catarina Marcelino, Isabel Alves Moreira, João Soares, Lúcia Araújo Silva, Luís Graça, Paulo Trigo

Pereira, Ricardo Leão e Tiago Barbosa Ribeiro) e abstenções de 12 Deputados do PS (Carla Tavares,

Constança Urbano de Sousa, Diogo Leão, Eurídice Pereira, Fernando Anastácio, Fernando Jesus, Helena

Roseta, Hugo Costa, Maria da Luz Rosinha, Marisabel Moutela, Sofia Araújo e Wanda Guimarães).

O Sr. Sérgio Sousa Pinto (PS): — Sr. Presidente, peço a palavra.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Para que efeito, Sr. Deputado?

O Sr. Sérgio Sousa Pinto (PS): — Queria chamar a atenção do Sr. Presidente Jorge Lacão e da Câmara

de que este sistema não pode continuar. É preciso reconhecer a centralidade da Comissão Parlamentar de

Negócios Estrangeiros para, numa análise prévia, numa busca de compromissos, de consensos, chegarmos a

textos mais equilibrados em matéria de política externa. Crescentemente, esta Casa, em matéria de política

externa, parece um realejo de disparates, Sr. Presidente!

Aplausos do CDS-PP e de Deputados do PSD.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — O que a Mesa sugere ao Sr. Presidente da Comissão de Negócios

Estrangeiros é que apresente as razões que entenda sobre a matéria ao Presidente da Assembleia para efeitos

de ponderação em Conferência de Líderes.

O Sr. Pedro Filipe Soares (BE): — Peço a palavra, Sr. Presidente.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Peço desculpa, mas não posso abrir um debate sobre este tema neste

momento.

Para que efeito pede a palavra, Sr. Deputado?

O Sr. Pedro Filipe Soares (BE): — Para uma interpelação à Mesa, se me permite, Sr. Presidente.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Vou dar-lhe a palavra para interpelar a Mesa.

O Sr. Pedro Filipe Soares (BE): — Sr. Presidente, queria perguntar se foram seguidos todos os trâmites e

os direitos dos grupos parlamentares quer na entrega de votos, quer no processo de votação desta matéria.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — De acordo com as regras atualmente em vigor, com certeza que sim.

O Sr. Deputado Ulisses Pereira também pediu a palavra. Para que efeito?

O Sr. Ulisses Pereira (PSD): — Sr. Presidente, é apenas para anunciar à Assembleia que sobre esta votação

e a que se seguirá apresentarei uma declaração de voto a título pessoal.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Fica registado, Sr. Deputado.

A Sr.ª Paula Teixeira da Cruz (PSD): — Peço a palavra, Sr. Presidente.

O Sr. Presidente (Jorge Lacão): — Para que efeito, Sr.ª Deputada?

A Sr.ª Paula Teixeira da Cruz (PSD): — Sr. Presidente, é para subscrever a posição expressa pelo Sr.

Presidente da Comissão de Negócios Estrangeiros.

Páginas Relacionadas
Página 0058:
I SÉRIE — NÚMERO 66 58 A Sr.ª Secretária (Idália Salvador Serr
Pág.Página 58