O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 108

28

A Assembleia da República lamenta o falecimento da Dr.ª Alda Soares de Melo Cardoso dos Santos Victor

e apresenta as mais sentidas condolências à família e amigos, reconhecendo a importância do seu legado para

o poder local democrático e para o concelho de Vagos.»

O Sr. Presidente: — Vamos votar, Srs. Deputados.

Submetido à votação, foi aprovado por unanimidade.

Passamos ao voto n.º 619/XIII (3.ª) — De pesar pelo falecimento de John McCain, apresentado pelo PSD e

pelo CDS-PP, que vai ser lido pelo Sr. Secretário, Deputado Duarte Pacheco.

O Sr. Secretário (Duarte Pacheco): — Sr. Presidente, Sr.as e Srs. Deputados, o voto é do seguinte teor:

«No passado dia 31 de agosto, faleceu na sua casa no Arizona, vítima de doença, John McCain, Senador e

antigo candidato republicano à presidência dos Estados Unidos da América (EUA).

John Sidney McCain III nasceu na zona do Canal do Panamá em 29 de agosto de 1936. Recebeu educação

militar, formando-se na Academia Naval dos EUA, em 1958.

McCain era um militar veterano, tendo sido feito prisioneiro de guerra durante cinco anos no Vietname, de

onde saiu como um verdadeiro herói para o povo americano.

Concorreu à Casa Branca em 2000, tendo perdido nas primárias republicanas para George W. Bush, e em

2008, então como candidato republicano, tendo perdido para Barack Obama.

Mas foi no Congresso — onde esteve em funções durante 36 anos — que se tornou uma das vozes mais

prestigiadas da política americana.

Um homem de convicções fortes e de grande frontalidade, McCain transformou-se numa figura moral do

Senado e do seu partido e alguém reconhecido internacionalmente não apenas pela sua postura na política

interna americana mas também no plano externo onde procurou sempre defender os interesses fundamentais

da liberdade e da democracia, discordando inclusivamente de algumas posições do seu próprio partido.

Assim, a Assembleia da República, reunida em Comissão Permanente, lamenta o falecimento de John

McCain e decide apresentar à sua família, aos amigos e ao povo americano as mais sentidas condolências.»

O Sr. Presidente: — Srs. Deputados, vamos votar.

Submetido à votação, foi aprovado, com votos a favor do PSD, do PS e do CDS-PP, votos contra do BE, do

PCP e de Os Verdes e a abstenção do PAN.

O Sr. João Oliveira (PCP): — Sr. Presidente, peço desculpa, permite-me o uso da palavra?

O Sr. Presidente: — Faça favor, Sr. Deputado.

O Sr. João Oliveira (PCP): — Sr. Presidente, gostaria de informar que irei entregar uma declaração de voto

sobre esta última votação que realizámos.

O Sr. Presidente: — Fica registado, Sr. Deputado.

Neste momento, na sequência de todos os votos que acabámos de aprovar, vamos guardar 1 minuto de

silêncio.

A Câmara guardou, de pé, 1 minuto de silêncio.

Passamos à votação do voto n.º 607/XIII (3.ª) — De louvor ao bailarino António Casalinho pelas vitórias

alcançadas no Concurso Internacional de Ballet 2018, apresentado pelo CDS-PP.

Submetido à votação, foi aprovado por unanimidade.

Páginas Relacionadas
Página 0027:
7 DE SETEMBRO DE 2018 27 Foi ainda membro do Conselho Nacional de Educação e do Con
Pág.Página 27