O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

19 DE OUTUBRO DE 2018

3

O Sr. Presidente: — Sr.as e Srs. Deputados, Sr.as e Srs. Funcionários, Sr.as e Srs. Jornalistas, vamos dar

início à nossa reunião.

Eram 15 horas e 6 minutos.

Peço aos Srs. Agentes da autoridade o favor de abrirem as portas das galerias.

Temos hoje uma agenda com vários pontos, mas, antes de iniciarmos os trabalhos, vou dar a palavra à Sr.ª

Secretária Emília Santos para dar conta de um parecer da Subcomissão de Ética, da Comissão de Assuntos

Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, que será depois votado.

A Sr.ª Secretária (Emília Santos): — Sr. Presidente e Srs. Deputados, deu entrada na Mesa um parecer da

Subcomissão de Ética, da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, relativo à

suspensão do mandato do Sr. Deputado Luís Soares (PS), eleito pelo círculo eleitoral de Braga, e à sua

substituição por Palmira Maciel Fernandes Costa, apenas e só no dia 19 de outubro de 2018, limitando-se ao

período do dia anteriormente indicado e cessando no final do dia designado, sendo o parecer no sentido de que

a suspensão cumpre os requisitos legais.

O Sr. Presidente: — Srs. Deputados, está em apreciação o parecer.

Pausa.

Não havendo pedidos de palavra, vamos votá-lo.

Submetido à votação, foi aprovado por unanimidade.

O primeiro ponto da ordem do dia refere-se à discussão, na generalidade, dos Projetos de Resolução n.os

1825/XIII/4.ª (PSD) — Recomenda ao Governo que adote, de imediato, todos os procedimentos e medidas

necessárias para que se proceda à construção, no mais curto espaço de tempo possível, das novas instalações

do Centro Pediátrico do Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto, e 1702/XIII/3.ª (PCP) —

Recomenda ao Governo que desbloqueie a construção da nova Ala Pediátrica do Hospital de São João (Porto).

Para abrir o debate e apresentar o projeto de resolução do Grupo Parlamentar do PSD, tem a palavra o Sr.

Deputado Luís Vales.

O Sr. Luís Vales (PSD): — Sr. Presidente, Sr.as e Srs. Deputados: Hoje podemos fazer a diferença, hoje

podemos dar um passo decisivo para honrar o nome deste Parlamento perante as crianças e as famílias de

Portugal.

Esta iniciativa não é apenas mais um projeto de resolução, não é apenas mais uma recomendação, a somar

a tantas outras, mais ou menos cumpridas pelos sucessivos governos, ao sabor das suas conveniências de

momento. Do que se trata aqui é de resolver um problema grave e muito sério, um problema que tem a ver com

as crianças tratadas no hospital de São João, em especial as que sofrem de doença oncológica e que são

tratadas em condições humanamente indignas, e mesmo miseráveis, como ainda há meses reconheceu o

próprio responsável máximo daquela instituição do SNS (Sistema Nacional de Saúde).

Srs. Deputados, não há outro modo de qualificar o facto de estas crianças, apesar de altamente fragilizadas,

terem de efetuar tratamentos de quimioterapia em locais totalmente inapropriados. Essas crianças esperam já

há uma década por instalações onde possam ser tratadas com um mínimo de decência. Os pais dessas crianças,

que já tanto sofrem com a doença que atingiu os seus entes mais queridos, são obrigados a submeter os seus

filhos a condições de tratamento indignas em qualquer país civilizado. E os profissionais de saúde do hospital

de São João, cuja abnegação nunca é de mais realçar, por muito que queiram ajudar, simplesmente não têm

instalações condignas para trabalhar, não dispõem de uma estrutura bem equipada e com as condições

necessárias para prestar cuidados de saúde de qualidade.

Sr. Presidente, Sr.as e Sr.as e Srs. Deputados: É certo que o Governo prometeu, em abril passado, que a

construção da nova ala pediátrica do hospital de São João avançaria ainda nesse mês. Já lá vai meio ano!

Páginas Relacionadas
Página 0004:
I SÉRIE — NÚMERO 13 4 Também é verdade que, em junho de 2017, a então
Pág.Página 4
Página 0005:
19 DE OUTUBRO DE 2018 5 como Maria Cavaco Silva e abençoado por ministros como Carl
Pág.Página 5
Página 0006:
I SÉRIE — NÚMERO 13 6 Mas é também inaceitável o arrastamento do proc
Pág.Página 6
Página 0007:
19 DE OUTUBRO DE 2018 7 A Sr.ª Cecília Meireles (CDS-PP): — E sabem porquê,
Pág.Página 7
Página 0008:
I SÉRIE — NÚMERO 13 8 um novo centro pediátrico. Em 2008, entrou em f
Pág.Página 8
Página 0009:
19 DE OUTUBRO DE 2018 9 O Sr. Jorge Machado (PCP): — Foram vocês que os cria
Pág.Página 9