O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

15 DE FEVEREIRO DE 2019

15

O Sr. Heitor de Sousa (BE): — … é rigorosamente o mesmo que está no PETI3+. É igual! E o Sr. Deputado

sabe perfeitamente a resposta à sua pergunta, porque fez parte de um Governo que aprovou essa «grande»

ideia!… Uma ideia peregrina de querer fazer uma linha ferroviária só para mercadorias, quando, em Portugal,…

O Sr. Presidente (José Manuel Pureza): — Queira terminar, Sr. Deputado.

O Sr. Heitor de Sousa (BE): — … as linhas ferroviárias sempre foram, historicamente, de transporte misto

de passageiros e de mercadorias. Isso não existe num País pobre, como é o caso português!

O Sr. Presidente (José Manuel Pureza): — Queira terminar, Sr. Deputado.

O Sr. HeitordeSousa (BE): — Concluo, Sr. Presidente.

Por isso, Sr. Deputado Hélder Amaral, a resposta está no programa Ferrovia 2020. É, de facto, uma linha

voltada para o transporte de mercadorias, mas que, evidentemente, também irá servir o transporte de

passageiros.

Aplausos do BE.

O Sr. Presidente (José Manuel Pureza): — Para uma intervenção, tem a palavra o Sr. Deputado Carlos

Pereira.

O Sr. CarlosPereira (PS): — Sr. Presidente, Srs. Secretários de Estado, Srs. Deputados: O PSD encontrou

no tema da bitola um argumento para fazer um debate de atualidade, mas, na verdade, como assistimos aqui,

o que o PSD queria mesmo era fazer um comício partidário, com tudo o que isso representa na altura em que

nos encontramos. E isso ficou muito claro com a intervenção do Sr. Deputado Carlos Silva.

A segunda nota que queria dar é a de que a história da bitola ibérica confunde-se, de alguma forma, com a

história deste debate. Como os Srs. Deputados sabem — sei que sabem —, a bitola ibérica surge porque alguns

engenheiros espanhóis acharam que, na altura dos comboios a vapor, o ideal era ter fornalhas grandes para

poderem subir rampas e montanhas. Então, pensaram numa bitola maior. Ora, foi um erro de análise. A história

demonstrou que foi um erro de análise.

O Sr. Carlos Silva (PSD): — Nem a história sabe!

O Sr. Carlos Pereira (PS): — Com este debate sucedeu a mesma coisa: os senhores cometeram um erro

de análise.

Hoje em dia, como os Srs. Deputados sabem — e todos sabemos —, a tecnologia evolui de tal forma que

esta é uma não-questão. O Sr. Secretário de Estado e alguns Deputados explicaram que há hoje tecnologia

para poder existir bibitola, como os senhores sabem,…

O Sr. Hélder Amaral (CDS-PP): — Em Portugal e Espanha?!

O Sr. Carlos Pereira (PS): — … e não haver problema nenhum, ao contrário do que os senhores colocaram

em cima da mesa. Isso ficou muito claro neste debate!

Outra questão que queria suscitar tem a ver com o seguinte: o Sr. Deputado Hélder Amaral ocultou aquilo

que é verdadeiramente essencial.

O Sr. HélderAmaral (CDS-PP): — Eu?!

O Sr. CarlosPereira (PS): — E o que é verdadeiramente essencial — e o Sr. Deputado Bruno Dias referiu-

o de forma muito clara — é que aquilo que os senhores defendem não é uma rede ferroviária, são duas,…

O Sr. Hélder Amaral (CDS-PP): — Tem de ler o acordo com o Governo espanhol!

Páginas Relacionadas
Página 0029:
15 DE FEVEREIRO DE 2019 29 As finalidades do diploma são articuladas: conjugam a ne
Pág.Página 29
Página 0030:
I SÉRIE — NÚMERO 52 30 O Sr. João Pinho de Almeida (CDS-PP): —
Pág.Página 30
Página 0031:
15 DE FEVEREIRO DE 2019 31 O Sr. DuartePacheco (PSD): — Sr. Presidente, Sr.as Deput
Pág.Página 31
Página 0032:
I SÉRIE — NÚMERO 52 32 Desta vez, esta comissão parlamentar de inquér
Pág.Página 32
Página 0033:
15 DE FEVEREIRO DE 2019 33 avaliar é se essas operações serviram os interesses do b
Pág.Página 33
Página 0034:
I SÉRIE — NÚMERO 52 34 À Assembleia da República cabe o apuramento da
Pág.Página 34
Página 0035:
15 DE FEVEREIRO DE 2019 35 Caixa Geral de Depósitos, do que auditores especializado
Pág.Página 35