O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

21 DE FEVEREIRO DE 2019

53

O Sr. Telmo Correia (CDS-PP): — A tese que o PCP nos trouxe aqui é uma tese muito curiosa e muito

interessante. Já a tínhamos ouvido pela voz do secretário-geral, pela voz do Sr. Deputado João Oliveira e agora

ouvimos, outra vez, pela voz do Sr. Deputado António Filipe. Qual é a tese do PCP, Sr. Deputado João Oliveira?

A tese do PCP é isto: no fundo, não há uma maioria; no fundo, o que há é um Governo minoritário do PS que,

diz-nos o PCP, governa mal e merece ser censurado. Porquê? Porque governa com o apoio do PSD e do CDS.

Risos do PSD e do CDS-PP.

Como?! Desculpem? Como?! Alguém acredita nisso?

A Sr.ª Rita Rato (PCP): — Foi a única coisa acertada que disse!

O Sr. Telmo Correia (CDS-PP): — Sabe o que é que eu acho, Sr. Deputado João Oliveira? Acho que nem

o seu camarada mais histórico e mais antigo da célula mais forte de Cuba — no Alentejo, não nas Caraíbas —

acredita nessa tese, porque mesmo esse camarada vai começar a pensar: «Então, afinal, quem está a governar

é o malvado António Costa, com a direita? E nós, comunistas, estamos, como sempre, bem, do lado dos

amanhãs que cantam e do lado do progresso?». Depois o camarada começa a pensar:…

O Sr. João Oliveira (PCP): — Estava melhor a fazer rimas!

O Sr. Telmo Correia (CDS-PP): — … «Então, por que raio é que nós votámos os Orçamentos do Estado

todos?

Risos do CDS-PP.

Por que raio?! Se eles governam com a direita, por que é que somos sempre nós a aprovar os Orçamentos

do Estado?!» Fica baralhado!

Risos e aplausos do CDS-PP e de Deputados do PSD.

Fica baralhado e pergunta: «Por que é que, quando há moção de censura, somos nós que aguentamos o

malvado do Costa no Governo?»

Risos do CDS-PP.

«Nós é que votamos para ele continuar sempre!». Fica baralhado!

Srs. Deputados, não cola! Não pega, não faz sentido!

Protestos do PCP.

De resto, não quero ser desagradável, mas o Sr. Deputado António Filipe perdeu-se em considerações a

propósito de quem é que era o idiota, quem é que não era o idiota, quem é que não sei o quê, no meio desta

história…

O Sr. António Filipe (PCP): — Só fiz citações!

O Sr. Telmo Correia (CDS-PP): — Sr. Deputado, digo-lhe uma coisa: se à expressão «idiota» acrescentar

«útil», ninguém fica com dúvidas de quem é o papel!

Aplausos do CDS-PP e de Deputados do PSD.

Páginas Relacionadas
Página 0041:
21 DE FEVEREIRO DE 2019 41 O Sr. António Filipe (PCP): — Sr. Presidente, Sr.
Pág.Página 41
Página 0042:
I SÉRIE — NÚMERO 54 42 Há uma diferença essencial entre o PCP e o CDS
Pág.Página 42