O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 103

48

Saio preocupado, ainda, pelos baixos níveis de participação democrática no exercício do direito de voto nos

atos eleitorais.

Saio com o sentido do dever cumprido, mas com a humildade para reconhecer que muito poderia e deveria

ser feito.

Saio, também, já com saudades deste Parlamento, dos debates, dos confrontos democráticos, o sal que dá

sentido à vida democrática.

Mas saio, saio com um coração onde cada um de vós tem um lugar reservado para sempre.

Aplausos, de pé, do PS e do Deputado não inscrito Paulo Trigo Pereira, de Deputados do PSD e do Deputado

do CDS-PP Pedro Mota Soares.

O Sr. Presidente (José de Matos Correia): — Sr. Deputado Fernando Jesus, não me leve a mal, mas tem

um pedido de esclarecimento do Sr. Deputado Filipe Neto Brandão, que o vai agora formular.

Faça favor, Sr. Deputado.

O Sr. Filipe Neto Brandão (PS): — Sr. Presidente, regimentalmente é a figura que se revela pertinente

nestas intervenções políticas.

O Sr. Nuno Magalhães (CDS-PP): — Ao menos não é um protesto!

O Sr. Filipe Neto Brandão (PS): — Serei particularmente breve e a brevidade da minha interpelação

contrasta com a longevidade da vida parlamentar do Deputado Fernando Jesus, porque, como o próprio referiu,

o seu contributo parlamentar atravessou várias Legislaturas.

É gostosamente que quero, em nome do Grupo Parlamentar do Partido Socialista, agradecer todo o

contributo que, ao longo destes anos, ofereceu à bancada parlamentar, mas quero, sobretudo, registar o seu

desempenho e o seu empenho na representação das gentes que o elegeram. Penso que falo em nome de todos

os Deputados e de todas as Deputadas do Grupo Parlamentar do Partido Socialista, neste momento em que

decidiu colocar fim à sua vida parlamentar, à sua já longa carreira de Deputado eleito pelo círculo eleitoral do

Porto — sempre pelo círculo eleitoral do Porto —, ao desejar-lhe as maiores felicidades na nova fase da vida

que agora inicia.

Aplausos do PS.

O Sr. Presidente (José de Matos Correia): — Sr. Deputado Fernando Jesus, deseja responder a esta difícil

questão que lhe foi colocada pelo Sr. Deputado Neto Brandão?

O Sr. Fernando Jesus (PS): — Sr. Presidente, quero só sublinhar a amizade e as palavras que ouvi do meu

camarada Filipe Neto Brandão, que levo na conta da profunda amizade que nos une, que julgo ser recíproca.

Somos quase colegas de gabinete — não é bem assim —, pois estamos no mesmo piso a trabalhar há vários

anos. Vou daqui de coração cheio de amigos e ele é um dos que ocupa o lugar que lhe é devido.

Portanto, levo as palavras que ele proferiu à conta da amizade que, como salientei, parte comigo, com todos

vocês e com o Filipe Neto Brandão, sem exceção. Queria, portanto, sublinhar as palavras dele como o

reconhecimento de um grande amigo que ele sabe que sou.

Aplausos do PS.

O Sr. Presidente (José de Matos Correia): — A próxima intervenção é da Sr.ª Deputada Ângela Guerra, mas

antes de lhe dar a palavra queria apenas dizer que, evidentemente, a Mesa não é insensível à circunstância de

vários dos nossos colegas apresentarem hoje a sua despedida parlamentar. Como não vou referi-los um a um,

quando a Sr.ª Deputada Ângela Guerra terminar a sua intervenção, não deixarei de transmitir aquele que é,

seguramente, o sentimento da Câmara acerca destes nossos colegas.

Faça favor, Sr.ª Deputada Ângela Guerra.

Páginas Relacionadas
Página 0043:
3 DE JULHO DE 2019 43 a consistência da economia no País e também sobre os desafios
Pág.Página 43