O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 108

76

O Sr. José Luís Ferreira (Os Verdes): — De facto, de um lado está quem se preocupa com os utentes e, do

outro, está quem vê clientes, ou seja, quem olha para um direito e quem olha para um negócio.

A Sr.ª Carla Cruz (PCP): — Muito bem!

O Sr. José Luís Ferreira (Os Verdes): — É por isso que não compreendemos aquilo que diz a Sr.ª Deputada

do CDS Isabel Galriça Neto quando fala em «uma mão cheia de nada».

Protestos da Deputada do CDS-PP Isabel Galriça Neto.

Se é «uma mão cheia de nada», porquê tanta indignação, tanta azia e tanto desconforto por parte do PSD e

do CDS?

A Sr.ª Carla Cruz (PCP): — Ora bem!

O Sr. José Luís Ferreira (Os Verdes): — Nós percebemos porquê! Nós percebemos porquê!

Aplausos de Os Verdes, do BE e do PCP.

Portanto, Sr. Presidente, queria congratular-me com o consenso que foi conseguido à esquerda, esperando

agora que esta nova Lei de Bases da Saúde possa dar resposta às preocupações que Os Verdes manifestaram

desde o início deste processo.

Protestos da Deputada do CDS-PP Isabel Galriça Neto.

Ou seja, esperamos que a nova Lei de Bases da Saúde represente um instrumento importante para inverter

a tendência de subfinanciamento a que o Serviço Nacional de Saúde esteve sujeito durante décadas,

particularmente durante o Governo em que o CDS teve muitas e grandes responsabilidades,…

A Sr.ª Heloísa Apolónia (Os Verdes): — Muito bem!

O Sr. José Luís Ferreira (Os Verdes): — … que possa representar um instrumento para respeitar e valorizar

os profissionais de saúde e, por fim, que consiga dar um passo importante para acabar com a promiscuidade

que está instalada entre o setor público e o setor privado com interesses na saúde. Isso significa colocar o setor

privado no sítio certo, isto é, dizer, tendo um papel meramente residual face ao Serviço Nacional de Saúde, e

por isso dizemos que hoje é um dia importante para os portugueses, para o País e para o Serviço Nacional de

Saúde.

Aplausos de Os Verdes, do BE e do PCP.

O Sr. Presidente: — Srs. Deputados, vamos passar à votação, na especialidade, da proposta, apresentada

pelo PS, de alteração ao artigo 3.º do texto de substituição apresentado pela Comissão de Saúde.

Submetida à votação, foi aprovada, com votos a favor do PS, do BE, do PCP, de Os Verdes, do PAN e do

Deputado não inscrito Paulo Trigo Pereira e votos contra do PSD e do CDS-PP.

É a seguinte:

Artigo 3.º

Norma revogatória

1 — São revogados:

Páginas Relacionadas
Página 0074:
I SÉRIE — NÚMERO 108 74 Aplausos do PSD. E a esquerda u
Pág.Página 74
Página 0075:
20 DE JULHO DE 2019 75 O texto é manifestamente inadequado, é insuficiente face aos
Pág.Página 75