O texto apresentado é obtido de forma automática, não levando em conta elementos gráficos e podendo conter erros. Se encontrar algum erro, por favor informe os serviços através da página de contactos.
Não foi possivel carregar a página pretendida. Reportar Erro

I SÉRIE — NÚMERO 37

28

A Sr.ª Bebiana Cunha (PAN): — Vou concluir, Sr.ª Presidente.

Isso é importante para que possamos dar uma resposta assertiva nesta matéria, reconhecendo a dignidade

e a proteção animal.

Aplausos do PAN.

A Sr.ª Presidente (Edite Estrela): — Para uma intervenção, tem a palavra o Sr. Deputado João Cotrim de

Figueiredo, do Iniciativa Liberal.

O Sr. João Cotrim de Figueiredo (IL): — Sr.ª Presidente, Sr.as e Srs. Deputados: Bem-vindos a mais 1

minuto liberal, o primeiro minuto liberal de espírito animal.

Um «bicho de sete cabeças» foi nisto que se tornou a lei que proibiu o abate de animais errantes e que criou

uma rede de centros de recolha oficial de animais.

«Venderam-nos gato por lebre». Hoje, continuamos com sobrepopulação de animais, há problemas nos

centros de recolha, nem metade dos animais recolhidos foram adotados e o processo de esterilização de animais

errantes anda «a passo de caracol».

Acreditem que isto não são «lágrimas de crocodilo». Estamos mesmo preocupados com esta situação e, por

isso, concordamos com o PAN. É preciso estudar a aplicação da lei para depois, de facto, com dados, elaborar

as medidas necessárias para resolver este problema de saúde pública de forma gradual. Como diz o povo, «grão

a grão, enche a galinha o papo».

Por outro lado, discordamos do PCP, que quer instituir um plano de emergência que crie já mais centros de

recolha. É até irónico que o PCP, como «lobo em pele de cordeiro», passe por grande defensor dos animais.

«Tirem o cavalinho da chuva». Na antiga União Soviética…

A Sr.ª Presidente (Edite Estrela): — Peço-lhe que conclua, Sr. Deputado.

O Sr. João Oliveira (PCP): — Logo agora!

O Sr. João Cotrim de Figueiredo (IL): — Vou concluir.

Na antiga União Soviética, houve muitas alturas não havia animais errantes. Na verdade, não havia animais

em lado nenhum, porque o que havia era fome e muita desolação, cortesia do glorioso modelo comunista. Sobre

isso, ficam «caladinhos que nem um rato».

A Sr.ª Presidente (Edite Estrela): — Muito obrigada, Sr. Deputado.

O Sr. João Cotrim de Figueiredo (IL): — Vou concluir.

Reconhecem, finalmente, ao propor que possam usar também centros privados,…

O Sr. João Oliveira (PCP): — Devia ter posto uns folhos para fazer de La Fontaine!

A Sr.ª Presidente (Edite Estrela): — Sr. Deputado, tem de concluir.

O Sr. João Cotrim de Figueiredo (IL): — … que pode haver uma coligação entre setor público e setor

privado.

A Sr.ª Presidente (Edite Estrela): — Sr. Deputado, peço-lhe que conclua e que não entre em diálogo.

O Sr. João Cotrim de Figueiredo (IL): — É o que nós defendemos também para a saúde, mas para a saúde

dos humanos.

A Sr.ª Presidente (Edite Estrela): — Para uma intervenção, tem a palavra o Sr. Deputado António Lima

Costa, do PSD.

Páginas Relacionadas
Página 0019:
6 DE MARÇO DE 2020 19 Porém, como a Lei n.º 11/2014 alargou o âmbito da impossibili
Pág.Página 19
Página 0020:
I SÉRIE — NÚMERO 37 20 remuneração do trabalho na parcela corresponde
Pág.Página 20